O revezamento da Tocha Olímpica passa por São Miguel das Missões, RS. Aceso em 21 de abril, em ritual repetido a cada quatro anos em Olímpia, na Grécia, o símbolo olímpico passará por 28 cidades gaúchas de 3 a 9 de julho e será conduzido por 617 indicados no Rio Grande do Sul, começando por Erechim e se despedindo em Torres, em percurso de mais de dois mil quilômetros. Foto: Jefferson Bernardes / Agência Preview

Chama percorreu as cidades de São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí e Cruz Alta

Foto: Gustavo Roth/ Agência Preview

A passagem da Tocha Olímpica pelas ruínas de São Miguel das Missões ficará como imagem do Rio Grande do Sul para os Jogos Olímpicos.

Foto: Gustavo Roth/ Agência Preview

O local é patrimônio histórico e cultural da humanidade.

Foto: Gustavo Roth/ Agência Preview

O cacique Aniceto Gonzalez, da aldeia Guarani de São Miguel atendeu a todas as orientações de posicionamento dada pela organização do evento. Até agora, ele foi o gaúcho que ficou mais tempo em posse do fogo olímpico, cerca de 20 minutos. Dificilmente outro terá este privilégio. Certamente, esta imagem do índio com a Catedral Missioneira ao fundo será uma marca do Rio Grande do Sul para os Jogos Olímpicos.

Foto: Gustavo Roth/ Agência Preview

Foto: Gustavo Roth/ Agência Preview

Foto: Gustavo Roth/ Agência Preview

Foto: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Foto: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Foto: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Foto: Emmanuel da Rosa/ Agência Preview

Foto: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Foto: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Foto: Gustavo Roth/ Agência Preview

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (1)

  • Professor Agostiniano Mendel

    3 anos atrás

    Não consigo abrir a reportagem

Compartilhar por email