Em maio de 2011, o pedreiro João Pereira de Souza, de 71 anos, encontrou um pinguim de Magalhães em uma praia na Ilha Grande (RJ).

A ave estava encharcada de óleo e não conseguia se mover. Souza o limpou, o alimentou e o soltou no mar.

No entanto, ao invés de nadar para longe, o pinguim voltou para a casa do pedreiro e não mais sair.

Depois de 11 meses morando com Souza, ele decidiu ir para o mar.

Porém, em junho do ano seguinte, o pinguim tornou a aparecer na casa de Souza, onde ficou até fevereiro.

Desde então, ano após ano, a ave nada por mais de 8 mil quilômetros para visitar seu salvador e passa temporadas com ele.

 

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (5)

  • luiza.rahal.2011

    1 ano atrás

    Que ato bonito, adoro muito pinguins!

  • SABRINA

    1 ano atrás

    AMEI ?

  • liamtratch

    1 ano atrás

    Que lindo❤❤❤❤❤❤❤

  • profjoca_050

    4 anos atrás

    amei

  • Luiz Felipe Varela Molnar

    5 anos atrás

    Que fofo!!!!!!!!!!!!!!! :)

Compartilhar por email