Durante a pandemia de covid-19, em que uma das principais medidas de prevenção é ficar em casa, transmissões ao vivo pela internet, as lives, tornaram-se uma alternativa de interação, por exemplo, entre artistas e o público. O formato ganhou tanta popularidade que, de acordo com pesquisa da empresa de tecnologia MindMiners, feita a pedido da CNN Brasil Business, 76% dos entrevistados afirmam que vão querer assistir a essas transmissões mesmo após a pandemia.

Você também está aproveitando o momento para ver lives? Então, dê uma olhada em curiosidades sobre esse tipo de transmissão e não perca a novidade do Joca: lives semanais, toda sexta-feira, com a equipe do jornal.

Pioneiros
Um dos primeiros registros de apresentação musical ao vivo pela internet foi uma transmissão feita pela banda de rock Severe Tire Damage, de Palo Alto, nos Estados Unidos. Foi em julho de 1993.

Muita gente
A audiência das lives é de dez a 20 vezes maior do que a de vídeos gravados. É o que afirma um estudo da consultoria Forrester e da empresa de informática IBM.

Para jovens e crianças

BTS: o grupo de kpop está fazendo lives dançando, cantando e contando novidades sobre os próximos álbuns para os fãs durante a pandemia. Além disso, a banda realizou uma transmissão nos dias 18 e 19 de abril com os melhores momentos de alguns dos shows que marcaram sua carreira. Para conferir: bit.ly/bts-video-pandemia.

Now United: com cada integrante na própria casa, o grupo fez transmissões ao vivo dançando os principais sucessos. Para conferir: bit.ly/now-united-videos

Joca: toda semana, sempre às sextas-feiras, a equipe do jornal faz uma transmissão ao vivo. Os assuntos variam e incluem os bastidores de se fazer jornalismo e espaço para os leitores realizarem perguntas. A próxima será em 29 de maio. Para conferir: bit.ly/tv-joca-lives.

#pracegover: a imagem mostra a tela da equipe do Joca em live, cada um de sua casa, interagindo. Foto: reprodução YouTube.

Fontes: Capricho, CNN History of the Internet, Exame, Netshow.me, R7 e Severe Tire Damage.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 150 do jornal Joca

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (1)

  • Matérias do Joca sobre o novo coronavírus – Jornal Joca

    6 meses atrás

    […] Lives devem continuar após a pandemia […]

Compartilhar por email