Funcionários da Cruz Vermelha ao lado das doações arrecadadas.

Ixi! Você bateu no paywall!

Isso quer dizer que você já acessou três conteúdos neste mês.
Insira seu nome e e-mail para acessar mais duas reportagens gratuitamente.

Assinante? Faça Login

Voltar para a home

Ou faça sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo do Joca

Selecione o plano que você deseja assinar abaixo:

PLANO ANUAL. Nosso leitor recebe em casa ou na escola a versão impressa do jornal do Joca, além de ter acesso completo ao conteúdo on-line.

PLANO MENSAL. Assine o Joca on-line e tenha acesso exclusivo a todo o conteúdo do portal.

PLANO ANUAL. O mesmo conteúdo do Joca on-line (acesso exclusivo a todo o conteúdo do portal) com término da assinatura após 12 meses.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (2)

  • Gabriel Fonseca de Carvalho

    3 anos atrás

    Eu moro perto desse prédio e conhecia as pessoas que moravam lá porque todos os dias passo em frente pra ir pra escola. Tinha muitas crianças e também pessoas idosas e famílias muito pobres que não conseguem pagar nada mesmo se for bem barato. Eu e a minha família precisamos sair correndo na noite do incêndio e fiquei muito assustado com isso mas não perdi a minha casa. Agora vejo essas crianças bem na minha frente passando frio e sem ir na escola e sem tomar banho e queria fazer alguma coisa pra mudar essa maldade. Acho que o prefeito tem que fazer o trabalho dele e ajudar todo mundo e ver também quem pode ajudar e não é do governo porque tem muita gente na rua.

  • Jornal_Joca

    3 anos atrás

    Obrigada por compartilhar sua história conosco, Gabriel. A situação é realmente muito triste. Também torcemos para que essas famílias recebam toda a ajuda que precisam.

Compartilhar por email