Foto: Denis Ferreira Netto (02/02/2005)
Queda d’água em rio no estado do Pará. Foto: Denis Ferreira Netto/Fotos Públicas
Foto: Prefeitura de Salto (30/11/2014)
Mudanças nos fluxos naturais dos rios feitas para construir represas ou usinas hidrelétricas prejudicaram a natureza. Na foto, o córrego de Salto (SP) após a morte de 40 toneladas de peixes. Foto: Prefeitura de Salto (SP)/Fotos Públicas

Um relatório divulgado pelas Nações Unidas (ONU), afirma que, se nada for feito, as reservas hídricas do mundo podem encolher 40% até 2030 e, por isso, é preciso melhorar a gestão deste recurso para garantir o abastecimento da população mundial.

Ou seja, em menos de 15 anos, 40% da água doce de todo o planeta, pode sumir!

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil (02/03/2015)
O agricultor Francisco Elzo Pinheiro da Silva, 68 anos, o Chico Preto, não tem água em casa. Ele mora às margens do Açude Cedro e vai buscar água em um poço todos os dias. Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil/ Fotos Públicas

Hoje mais de 748 milhões de pessoas ainda não têm acesso a água potável, ou seja, não tem água limpa para viver.

 

 

 

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil (05/03/2015)
Fundo do Açude Carnaubal que abastecia a cidade de Crateús, no Ceará e agora está seco. Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil/Fotos Públicas


E além disso, cerca de 20% dos aquíferos do mundo são tão explorados que podem desaparecer no futuro.

O Brasil é um dos países que mais têm rios fora do seu curso normal por causa das hidrelétricas que foram construídas e que aumentam a degradação.

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas (07/01/2015)
Excesso de lixo no Rio Pinheiro, contrasta com os predios de luxo que margeam a Marginal Pinheiros na altura da USP até a ponte Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo. Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil (06/03/2015)
o agricultor João Pinto, 52 anos, retira sapos da cisterna de enxurrada, na cidade de Nova Russas, no Ceará. Fernando Frazão/ Agência Brasil

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email