crianças e adolescentes de vários países contam como comemoram o Natal
crianças e adolescentes de vários países contam como comemoram o Natal

Você já parou para se perguntar como é o Natal em outros países? O Joca conversou com crianças e adolescentes de diferentes pontos do mundo para saber mais sobre as tradições, costumes, comidas e brincadeiras típicas que eles e suas famílias costumam realizar nesta época do ano. Confira.

Mia N., 14 anos, da Inglaterra

Mia N., 15 anos

“Na véspera de Natal, nós deixamos uma mince pie [espécie de torta] e uma cenoura para o Papai Noel e suas renas. Já no dia 25, eu acordo cedo para abrir a minha meia [fica pendurada na lareira, e presentes são colocados dentro dela] e meus pais começam a preparar o almoço. O resto da família chega à nossa casa e nós brincamos de trivia natalino e comemos biscoitos de Natal. O nosso almoço tem frango recheado ou peru, batatas assadas, couve-de-bruxelas, enroladinho de salsicha, cenouras, cherívia [uma hortaliça], pão e molho de cranberry. A minha sobremesa favorita é trifle, que consiste em geleia, biscoito champanhe, chantilly, creme e frutas por cima. Nessa data, nós também abrimos nossos presentes e, à noite, assistimos a um filme de Natal. No Reino Unido, as tradições natalinas incluem: decorar a casa com uma árvore de Natal com luzes; colocar uma guirlanda na porta para que o Papai Noel deixe presentes nas meias; e decorar as cidades com luzes. Nesta época do ano, o povo britânico gosta de aproveitar a comida, as bebidas, os presentes e o tempo com a família.”

Benjamin F., 8 anos, da Bolívia

Benjamin F., 8 anos
Benjamin F., 8 anos

“No Natal, a minha família faz um jogo chamado amigo secreto, em que você ganha um presente – mas não sabe quem vai te dar (entenda abaixo). As minhas partes favoritas do Natal são ficar com a família e ganhar presentes. Neste Natal, eu gostaria de ganhar um disco da banda Gorillaz, uma pista de Hot Wheels, dinheiro, bicicleta… Na minha família, fazemos uma votação para saber o que vamos comer no Natal. Neste ano, o que ganhou foi sushi. Na Bolívia, nesta época, as pessoas costumam comer picana [navideña, um prato típico da Bolívia que é preparado com carne e guarnições]. Às vezes, a minha família segue essa tradição. Outras vezes, não. Além disso, nós comemos pastéis de queijo e de gigote [espécie de refogado de carne].”

Amigo secreto: os participantes do jogo fazem um sorteio com o nome de todas as pessoas que estão dentro da brincadeira. Depois de sortear um nome, cada jogador deve comprar um presente para a pessoa sorteada (o chamado amigo secreto). Então, no dia do Natal, aquele que comprou o presente deve descrever a pessoa sorteada sem citar o nome dela – vale falar da personalidade ou das características marcantes da pessoa. Assim, os outros que estão ouvindo devem tentar adivinhar de quem ele está falando.

 

Doroteia K., 13 anos, de Angola

Doroteia K., 13 anos

“No Natal, a minha família se reúne em um sítio para todos ficarmos juntos e relembrar os bons momentos que passamos durante o ano. Reunir-se com a família nessa data é uma tradição na Angola. O que eu mais gosto desta época do ano é ir à igreja para lembrar o nascimento de Jesus. Eu espero que neste Natal aconteçam muitas coisas boas com os meninos que não têm família e que costumam passar a data sozinhos. Desejo que eles possam ter um Natal feliz e agradável.”

Luisa D., 10 anos, dos Estados Unidos

Luisa D., 10 anos

“A cada ano, eu passo o Natal em um lugar diferente. Pode ser no Brasil, na Colômbia ou nos Estados Unidos [Luisa mora nos Estados Unidos, mas a mãe dela é brasileira e o pai, colombiano]. Cada lugar tem uma tradição diferente. Na Colômbia, nós fazemos uma novena, que é a leitura de pequenas passagens da Bíblia com cantoria em família. Fazemos isso em todos os dias de dezembro, até chegar ao dia do Natal. Já quando passamos a data nos Estados Unidos, fazemos tradições da Espanha e do México – temos amigos próximos que são desses países. Um dos meus costumes natalinos favoritos vem da Espanha, onde, no dia 6 de janeiro, celebra-se o Dia de Rei [entenda abaixo]. Nessa data, nós nos reunimos e cortamos a rosca de reyes [pão doce tradicional]. Por fim, comemorar o Natal no Brasil é diferente e especial para mim. Fico feliz em passar a data em um lugar que seja verão [no hemisfério norte, onde ficam a Espanha e os Estados Unidos, é inverno nesta época do ano]. Além disso, como no dia 25 também é aniversário da minha mãe, costumamos comemorar com um bom churrasco. ”

Dia de Reis: na tradição cristã, 6 de janeiro é o dia em que se celebra a chegada de três reis magos ao estábulo onde Jesus nasceu. As famílias se reúnem para almoçar e as crianças aguardam ansiosamente pela chegada dos reis magos – segundo a tradição, eles trarão presentes para aqueles que se comportarem bem. Além da Espanha, em países como México e Argentina, as crianças ficam aguardando os presentes trazidos pelos reis.

George O., 16 anos, da Nova Zelândia

George O., 16 anos
George O., 16 anos

“Eu sempre celebro o Natal com a minha família. Nós normalmente acordamos e, então, vemos que o Papai Noel nos visitou à noite. Depois, preparamos um chá e abrimos os presentes. Em seguida, a família se reúne e faz um grande almoço, normalmente ao ar livre. Comemos peru, carne de veado, salada e, às vezes, cordeiro. De sobremesa, costumamos ter pavlova [uma espécie de torta]. Nós também gostamos de brincar de um jogo de Natal em que todo mundo leva um presente. Então, cada um abre um pacote e, depois, nós trocamos o que recebemos. Às vezes, nós praticamos alguns esportes, como crocket ou cricket. O que eu mais gosto no Natal é de ficar com a minha família.”

Gabriela H., 14 anos, da França 

Gabriela H., 14 anos
Gabriela H., 14 anos

 

“No Natal, nós reunimos todos os familiares e festejamos a data com uma grande festa. Decoramos a casa com uma grande árvore e, no dia 24 à noite ou 25 pela manhã, descobrimos os presentes que vamos ganhar. Na noite do dia 24, comemos uma ceia com buche de noël [bolo tradicional com formato cilíndrico], peru e foie gras [fígado de ganso ou pato]. Eu adoro comemorar o Natal porque, na França, nesta época do ano, faz muito frio, então há neve lá fora. Além disso, nós ganhamos muitos presentes, estamos com a nossa família, temos uma bela árvore de Natal e vemos várias decorações espalhadas pela cidade. Aqui na França, as pessoas também têm o hábito de se beijar embaixo de um ramo de azevinho [um arbusto]. Segundo a tradição, aqueles que fizerem isso terão saúde e boas surpresas no novo ano. Espero que todos fiquem felizes e que todas as crianças tenham um Natal maravilhoso!”

 

 

Comentários (0)

Compartilhar por email