Explosões no aeroporto de Zaventem e na estação de metrô deixaram vários mortos e feridos
Aeroporto de Bruxelas está fechado

O Aeroporto Internacional de Zaventem e a estação de metrô Maelbeek em Bruxelas, na Bélgica, amanheceram com explosões de bombas, provocadas por terroristas.

Por enquanto, há cerca de 34 mortos e 136 feridos mas o número não para de aumentar.

O país entrou em alerta máximo e pediu para que a população ficasse em casa.

Praça principal de Bruxelas
Duas explosões ocorreram no aeroporto e os ataques no metrô foram provocados por um homem-bomba.

O aeroporto e o metrô estão fechados e as ruas em torno dos locais, interditadas.

Bélgica, em vermelho

O atentado aconteceu dias depois que a polícia belga prendeu os suspeitos de terem participado dos atentados de Paris que deixaram 130 mortos e mais de 200 feridos no ano passado.

Nesse dia, Salah Abdeslam, o homem ‘mais procurado da Europa’, foi preso por participação nos ataques de Paris.

A França mandou 1,6 mil policiais protegerem as fronteiras, reforçou segurança no Aeroporto Charles de Gaulle, na região de Paris.

A torre Eiffel vai ser iluminada com as cores da bandeira da Bélgica nesta noite, em homenagem às vítimas, disse a prefeita de Paris, Anne Hidalgo.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email