Uma grande parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco que levará a água do rio para diversas cidades, foi inaugurada.

Enchimento do canal | Foto: EBC

Com isso, cerca de 35 mil pernambucanos da cidade de Sertânia e 33 mil paraibanos em Monteiro, receberam água em suas torneiras.

O projeto de Transposição do rio São Francisco tem dois eixos: o Norte, em fase de conclusão, com 260 quilômetros, e o Leste, com 217 quilômetros, que foi inaugurado na sexta-feira passada.

Resultado de imagem para transposiçaò sao francisco

No eixo leste, as águas do ‘Velho Chico’ atravessam cinco municípios pernambucanos até chegar nas primeiras casas de moradores das duas cidades.

O desvio das águas do Rio São Francisco é a maior obra de infraestrutura hídrica do País. Em alguns trechos estações de bombeamento elevam as águas do ‘Velho Chico’ a mais de 227 metros de altura, o equivalente a um prédio de 75 andares.

Numa próxima etapa, os municípios de Arcoverde, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, São Bento do Una e Tacaimbó também serão atendidos e receberão água em suas casas.

Resultado de imagem para rio sao francisco mapa transposição

A expectativa é de que até abril as águas cheguem em outras 18 cidades ao longo do curso do rio Paraíba. Entre estes municípios está Campina Grande, que enfrenta sérios problemas de abastecimento de água para cerca de 400 mil pessoas.

O Projeto de Integração do Rio São Francisco possui 477 quilômetros de extensão e beneficiará 12 milhões de pessoas nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

A obra começou em 2007, no governo de Luís Inácio Lula da Silva. Foi muito criticada por vários órgãos e ambientalistas. A previsão é de acabar com a seca no centro do Nordeste através de canais ligados ao rio São Francisco, o maior rio do Nordeste.

As obras seriam concluídas em três anos, em 2010, ao custo de R$ 6,6 bilhões. Porém, em 2013, as grandes construtoras, como OAS, Mendes Júnior e Galvão Engenharia foram substituídas sem que tivessem concluído os trabalhos. Até agora, o projeto já custou mais de R$ 10 bilhões.

A previsão é que o trecho Norte seja entregue até o fim deste ano.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email