Wikimedia Commons

Pensando principalmente em pessoas que vivem em campos de refugiados e zonas de desastres, estudantes da University of West of England, no Reino Unidos, desenvolveram um banheiro químico que aproveita a urina armazenada no local para gerar energia própria.

Como funciona? O equipamento utiliza pilhas de combustíveis microbianas, ou seja, micróbios se alimentam do material orgânico (urina) para crescer – durante o processo, energia é produzida. Esta energia ilumina o banheiro, o que é muito positivo em áreas de refugiados e que sofreram desastres, que muitas vezes não têm energia elétrica.

O melhor? Inteiramente sustentável, o banheiro utiliza apenas resíduos abundantes, preservando, assim, combustíveis fósseis. Vale lembrar que os seres humanos produzem cerca de 6,4 trilhões de litros de urina por ano! Dá para iluminar muitos e muitos banheiros!

Banheiro químico usa urina para gerar energia. Foto: divulgação
Banheiro químico usa urina para gerar energia. Foto: divulgação

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (2)

  • Giulia Paiva Angelo

    6 anos atrás

    E SUUPER DEMAIS...!

  • Giulia Paiva Angelo

    6 anos atrás

    QUE DEMAIS... E MUUTO LEGAL

Compartilhar por email