O principal suspeito do atentado que aconteceu na sexta-feira (7) em Estocolmo, na Suécia, Rajmat Akilov, admitiu que sua atitude fora um ato terrorista.

Akilov avançou com um caminhão contra uma loja em uma rua no centro da capital sueca, matando dois suecos, um britânico e um belga e deixando ainda mais 15 pessoas feridas.

O terrorista permanecerá preso enquanto aguarda o julgamento.

Akilov, de 39 anos, disse que tem simpatia pelo Estado Islâmico. Ele morava irregularmente na Suécia, pois seu visto de residência havia sido negado.

O operário de 39 anos e origem uzbeque, teria dito que ‘conseguiu o que queria’.

Estocolmo, Suécia

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (1)

  • Ana Carolina Scarlato Delmaschio

    4 anos atrás

    Estou horrorizada com essa triste notícia.

Compartilhar por email