Em São Paulo o limite de velocidade de mais 11 ruas cai para 50 km/h

Em São Paulo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de São Paulo reduziu o limite de velocidade máxima de 60 km/h para 50 km/h em mais 11 vias da capital.

Nas ruas, placas e avisos alertam os motoristas sobre as mudanças.

A medida foi criada pela prefeitura da cidade para diminuir o número de acidentes em todas as avenidas importantes da cidade. Veja as vias:

– Rua Henrique Schaumann (zona oeste)
– Avenida Paulo VI (zona oeste)
– Avenida Sumaré (zona oeste)
– Avenida Antártica (zona oeste)
– Viaduto Antártica (zona oeste)
– Avenida Afrânio Peixoto (zona oeste)
– Avenida Valdemar Ferreira (zona oeste)
– Avenida Professor Manuel Chaves (zona oeste)
– Avenida Vereador José Diniz (zona sul)
– Avenida Carlos Caldeira Filho (zona sul)
– Estrada do Campo Limpo (zona sul)

Ainda nessa semana, outras cinco vias tiveram a velocidade reduzida para 50 km/h: as avenidas Angélica, Pacaembu, Doutor Abraão Ribeiro, Nadir Dias de Figueiredo e a Rua Major Natanael.

O processo começou nas marginais Tietê e Pinheiros, onde nas pistas locais, a velocidade máxima já é de 50 km/h. Até dezembro, todas as vias da cidade terão essa velocidade, menos o corredor Norte-Sul e as pistas expressas e central das marginais.

A CET já ajustou os radares eletrônicos para multar os motoristas que ultrapassarem o novo limite de velocidade.

A prefeitura informa que a lentidão nas Marginais caiu 10% e os acidentes diminuíram 30% depois da redução da velocidade.

DESCONTENTAMENTO

Nas redes sociais os usuários reclamam da nova velocidade. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também não gostou da medida e pediu que a Justiça determine à Prefeitura da capital o retorno às velocidades anteriores, de 70 km/h e 90 km/h, respectivamente.

A OAB argumenta que a sociedade não pode pagar por pessoas que atravessam a marginal. “Se as pessoas querem correr o risco de atravessar uma via expressa, o direito não pode fazer nada com isso. Ele está destacando um ponto fora do contexto”, afirma a OAB.

RESUMO
Em 20 de julho, a Secretaria Municipal de Transportes e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) diminuíram a velocidade máxima tanto na Tietê quanto na Pinheiros de 90 km/h para 70 km/h nas pistas expressas, de 70 km/h para 60 km/h nas centrais; e de 60 km/h para 50 km/h nas locais. No caso de ônibus e caminhões, a velocidade limite nas pistas expressas passou a ser de  60 km/h.

 

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email