In this photo made available by MSF, Doctors Without Borders on Monday, Sept. 12, 2016, parents Otas, second left, and Faith, right, pose for a photo with one of their sons Rollres, left, and baby Newman Otas, born on board MV Aquarius, on the Mediterranean Sea. The family were rescued from an overcrowded rubber boat 24 hours previously. (MSF via AP)

Na segunda-feira, dia 12, Faith Oqunbor, deu à luz a um menino dentro de um bote de resgate no Mar Mediterrâneo.

Resultado de imagem para Newman Otas

O bebê, que se chamará Newman Otas, ainda não tem nacionalidade definida, já que nasceu no meio do mar.

Resultado de imagem para Newman Otas

A família de Newman tinha saído da Líbia e tentava chegar à Europa quando foi levada por um bote de resgate.

Resultado de imagem para Newman Otas

Os pais de Newman, Otas e Faith Oqunbor, têm mais dois filhos, um de sete e outro de cinco anos. Eles faziam juntos a travessia para a Europa.

Assim como Newman e sua família, milhares de pessoas deixam seus países de origem em busca de melhores condições de vida em outras nações. Chamados de refugiados, essas pessoas abandonam suas pátrias por motivos diversos, entre eles conflitos armados, pobreza, perseguição religiosa e outros.

Para chegar ao continente europeu, muitos refugiados entram em barcos clandestinos, que, além de não contarem com itens básicos de segurança, acabam transportando muito mais pessoas do que é permitido.

Recentemente, a UNICEF (Fundo das Nações Unidas Para a Infância) revelou que, dos milhares de refugiados espalhados pelo mundo, cerca de 28 milhões são crianças.

3 Perguntas para entender melhor a crise dos refugiados

 

Qual é o país de origem dos refugiados?

Os refugiados vêm de vários lugares. Muitos deles são de países como Síria, Nigéria, Afeganistão, Somália, Líbia e outros.

Para onde os refugiados vão?

Muitos vão para a Itália, Alemanha e Grécia.

Quais são os principais conflitos que levam os refugiados a abandonarem seus países?

No caso da Síria, muitos estão indo embora por causa do conflito entre o ditador do país, Bashar Al-Asad, e as forças contrárias a ele. Além disso, o crescimento do Estado Islâmico, grupo islâmico radical, também anda ameaçando a segurança dos cidadãos sírios.

A Nigéria, por sua vez, sofre com o grupo Boko Haram, que deseja implantar um governo islâmico no país. Para isso, a organização tem feito uma série de sequestros e promovido vários atentados terrorristas.

Já o Afeganistão tem sido vítima da ascensão do Taliban, grupo terrorista que quer ter mais influência no território e, com isso, acaba colocando em risco a vida dos cidadãos.

 

 

 

 

 

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email