Brasil tem quase cem mortes por raio no ano

Em 2014, 98 pessoas morreram ao ser atingidas por raios no Brasil. Só o estado de São Paulo teve 17 vítimas, o maior número de mortes. Em seguida, vêm Maranhão, com 16, Piauí, com sete, e Amazonas e Pará, com 6 mortes cada. De todas as vítimas, 56% viviam no campo – 27% estavam nas plantações quando foram atingidas e 20% estavam dentro de casa.

O Brasil é o país com mais incidência de raios no mundo, mas os raios causam mais mortes na China, na Índia e na Nigéria. Aqui há 57,8 milhões de descargas por ano.

COMO SE PROTEGER DOS RAIOS

raios-1

Raios, raios, raios múltiplos! 

Os raios são perigosos e quando eles estão perto, você pode ser atingido por eles. A chance de uma pessoa ser atingida por um raio é algo em torno de 1 para 1 milhão. Porém, a maior parte das mortes acontecem não quando um raio cai e uma pessoa mas sim por pelos problemas que eles causam, como incêndios e choques.

O que causam

O raio pode matar, causar queimaduras e danos no coração, pulmão, sistema nervoso. Cerca de 25% das vítimas morrem por parada cardíaca e respiratória, e cerca de 70 % dos sobreviventes ficam com problemas físicos ou psicológicos como perda de memória, distúrbios do sono.


Principais cuidados

  1. Fique longe de árvores, terrenos abertos, morros, montanhas, cercas de arame, varais metálicos e trilhos.
  2. Não fique em piscinas, rios e lagos;
  3. Não tome banho durante uma tempestade.
  4. Não saia na rua durante tempestades. Se estiver em uma, procure abrigo em carros, ônibus ou outros veículos não conversíveis; casas ou prédios, abrigos subterrâneos, metrôs ou túneis, barcos
  5. Não use telefone, a não ser que seja sem fio.
  6. Não fique próximo de tomadas e canos, janelas e portas metálicas.
  7. Não toque em equipamentos ligados a rede elétrica
  8. Se estiver ao ar livre, evite segurar objetos metálicos, varas de pescar, tripés e tacos de golfe, empinar pipas, andar a cavalo, nadar.  

 

Apocalipse de raios no Chile vende prêmio de fotografia
Apocalipse de raios no Parque Nacional Puyehue, no Chile vence prêmio de fotografia. A foto foi tirada por Francisco Negroni e ganhou o concurso Wildlife Photographer of the Year

Locais perigosos: morros ou cordilheiras; topos de prédios; áreas abertas, campos de futebol ou golfe; estacionamentos e quadras; cercas de arame, varais, trilhos e árvores isoladas.

CURIOSIDADE IMPORTANTE
Se sentir seus pêlos arrepiados ou sua pele coçar, é sinal que um raio está para cair. Ajoelhe-se e curve-se para a frente, coloque as mãos nos joelhos e sua cabeça entre eles. Não deite no chão.

Fonte: Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)chuva-de-raios

 

Enquete

O que você acha da volta dos esportes pelo mundo?

Comentários (0)

Compartilhar por email