Foto: ABI (07/01/2016)

Uyuni- Bolívia- Pilotos de carros, motos e caminhões, que participam do Rally Dakar 2016, chegam a cidade de Uyuni, iniciando a etapa boliviana da competição.

Foto: ABI (07/01/2016)

Além de Jean Azevedo (HSA Rally Team), nas motos, Marcelo Medeiros (Taguatur Racing Team), nos quadriciclos, também deixou o Rally Dakar 2016 nesta quinta-feira.

Foto: ABI (07/01/2016)

A largada foi em Jujuy, na Argentina e a chegada na Bolívia, em Uyuni.

Na tarde de quarta, o maranhense Medeiros conseguiu um feito histórico e entrou para o time dos brasileiros que alcançaram uma vice-liderança na classificação geral da competição.

Entretanto, pouco depois da largada desta quinta, ele sofreu um acidente durante o percurso e precisou ser resgatado por um helicóptero médico.

Foto: ABI (07/01/2016)

O Brasil continua com duas duplas representantes no Rally Dakar — uma nos carros e outra nos UTVs. João Franciosi e Gustavo Gugelmin (ASX Racing Mitsubishi) ficaram com a 31ª colocação na especial desta quinta. Com o resultado, eles ocupam o 33º lugar no ranking acumulado da competição, recuperando sete posições.

Leandro Torres e Lourival Roldan (Xtreme plus/Polaris Racing International), nos UTVs, chegaram em 68º e estão em 61º na classificação geral – eles estão na subcategoria T3.3 dos carros e subiram cinco posições. Os vencedores do dia foram o francês Sebastien Loeb e o monegasco Daniel Elena (Team Peugeot Total), que lideram a prova.

O Rali Dakar é o maior – mas também o mais perigoso – rali tipo Cross-Country do mundo. A corrida acontece no meio do deserto, em locais longe, em terrenos sempre inexplorados. O Dakar foi criado após seu fundador ficar perdido por alguns dias no Deserto da Líbia.

Foto: ABI (07/01/2016)

O Dakar 2016 é a 37ª edição do rali mais exigente do mundo. Participam 436 veículos.

Foto: ABI (07/01/2016)

Pela oitava vez consecutiva ele foi disputado na América do Sul. No começo, o rali ia de Paris (França) até Dakar (África), entre a Europa e a África, com a maior parte das edições, terminando nas praias da capital do Senegal, Dakar, após a passagem pelo deserto do Saara. Porém, depois que as guerras começaram na região, a corrida foi transferida.

Foto: ABI (07/01/2016)O Dakar começa sempre na primeira semana de cada ano. Competem as categorias de automóveis, motos, caminhões e quadriciclos.

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Foto: Freddy Zarco/ ABI (07/01/2016)

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (1)

  • Rafael Marques Berquó Soares

    2 anos atrás

    legal

Compartilhar por email