“Meus pais são separados.
Cada um fala uma coisa e eu não sei em quem acredito.
O que eu faço?”
Fabiana, 5o. ano, Colégio Pentágono Morumbi

“Os meus pais se separaram há pouco tempo e estou triste com isso.
O que eu faço para ficar mais feliz?”
Caroline 5o . ano, Colégio Pentágono Morumbi

 

RESPOSTAS DOS AMIGOS LEITORES

“Não fica triste, eles serão seus pais para sempre e não vão deixar de gostar de você por causa disso”. Sofia, 8 anos

“Isso pode ser legal, você vai ter duas casas e pode até ganhar mais presentes no Natal e no aniversário.” Ana Carolina, 9 anos

“Já aconteceu isso comigo. No começo foi triste mas depois ficou até mais legal. Viajo sozinho com meu pai e sempre passeamos juntos.” José Antônio, 10 anos

“Se eles estão brigando, vão falar mal um do outro. Você não pode ligar pra isso. Não defende nenhum deles porque só eles sabem de toda a verdade. “Daniela, 12 anos

RESPOSTA DA ESPECIALISTA

“Acho que é muito difícil para os filhos quando os pais se separam, mesmo quando não são felizes juntos. só quan-do existem brigas muito fortes os filhos entendem mais fácil a separação. A tristeza é natural, pois existe uma mu-dança do jeito de viver e da convivência que os filhos não escolheram!

Essa fase aos poucos vai passando e o que ajuda é não to-mar partido, não decidir quem tem razão, quem está cer-to e dizer isso para os pais. E, uma coisa muito importante é tentar conviver com os dois o mais possível.”

Sandra Fedullo Colombo
Terapeuta familiar e Sócia-Fundadora do Instituto Sistemas Humanos

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email