O Dia de Doar é um movimento global pela cultura de doação. Ele surgiu nos Estados Unidos, em 2012,  e já se espalhou oficialmente por mais de 50 países. A data muda a cada ano: em 2019, será em 3 de dezembro.

O evento é realizado sempre na primeira terça-feira logo após a sequência de comemorações do Thanksgiving (Dia de Ação de Graças, em português), da Black Friday (quando o comércio faz uma série de promoções de diversas mercadorias) e da Cyber Monday (“segunda-feira cibernética”, em português — data em que lojas virtuais promovem descontos). É por isso que o nome original do movimento, em inglês, é GivingTuesday — ou seja, “terça-feira da doação”.

Glossário

THANKSGIVING (AÇÃO DE GRAÇAS): a tradição começou em 1620, quando um grupo de ingleses chegou a Plymouth, nos Estados Unidos, depois de fugir por causa de perseguição religiosa. Um ano depois, para agradecer por uma boa colheita em seu novo lar, o governador local decretou folga. Indígenas norte-americanos também foram convidados para comemorar, pois eles tinham ensinado os ingleses a plantar. Mais tarde, em 1863, Abraham Lincoln, presidente norte-americano, tornou a data feriado nacional.

Garoto-Lousa-Dia-de-Doar-Edicao-140
#pracegover: garoto negro segura um giz branco em frente a uma lousa escolar. Ele usa óculos, treno, gravata e camisa branca. Foto: Getty Images.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 140 do jornal Joca.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email