Charlie tem uma coleção de dinossauros

O menino inglês, Charlie Edwards, de 10 anos, descobriu um erro no Museu de História Natural da Inglaterra.

A descoberta foi feita quando Charlie participava do “Dino Snores”, um evento em que crianças passam a noite no local aprendendo sobre ciência.

Enquanto se divertia no museu, o garoto reparou que havia algo de errado em uma placa. Na teoria, ela devia comparar o tamanho de um humano ao de um dinossauro da espécie oviraptor. Para isso, a ideia era pegar a silhueta de uma pessoa e a da criatura.

A placa estava com a silhueta errada.

No entanto, Charlie percebeu que, em vez de um oviraptor, a silhueta que estava desenhada, na verdade, era de um protoceratops, outra espécie de dinossauro.

Resultado de imagem para oviraptor
Oviraptor
Resultado de imagem para protoceratops
Protoceratops

Incomodado com o que tinha visto, Charlie contou o erro a sua mãe, que não acreditou nele, por achar que o museu nunca cometeria um equívoco como esse. Porém, como o menino estava sendo muito insistente, resolveu mandar um e-mail para o estabelecimento dizendo que a placa estava errada.

Um pouco depois, o museu mandou uma carta admitindo o erro e prometendo corrigir a informação.

Museu de História Natural

Localizado em Londres, na Inglaterra, abriga mais de 70 milhões de peças. Lá, é possível encontrar ossos de dinossauros, réplicas de animais em tamanho real, exposição de pedras, entre outros.

Há vários museus de história natural ao redor do mundo, sendo que os mais famosos são os de Nova York, nos Estados Unidos, de Paris, na França, e o de Londres, o qual tem a maior coleção.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (1)

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    4 anos atrás

    eu acho que deviam arrumar isto e investigar o museu para ver se nao tem outro erro tanto em placas como em peças

Compartilhar por email