Rio Tâmisa, Londres

Nos últimos dez anos, pesquisadores da Sociedade Zoológica de Londres (ZSL, na sigla em inglês) procuraram e finalmente encontraram milhares de mamíferos no Rio Tâmisa, em Londres, Inglaterra. Há golfinhos, botos e até baleias que vem do mar e adentram no rio.

A notícia é uma grande conquista pois, há 50 anos, o rio e seu entorno foram declarados biologicamente extintos. O rio tinha ‘morrido’, nenhum organismo sobrevivia.

O rio que era chamado de “O Grande Fedor” vive um renascimento. O rio passou por um grande processo de despoluição depois que a cidade enfrentou uma epidemia de cólera em 1850. O governo tomou providências. Hoje, já despoluído, o Tâmisa passa por uma limpeza diária. 

No Estado de São Paulo, o Projeto Tietê cuida da despoluição do rio, mas cada cidade age de uma maneira: umas limpam, outras sujam.

Rio Tietê, SP

No Tâmisa, a situação melhorou mas deve melhorar mais. Um projeto, ainda no papel, pretende ampliar o sistema de esgoto de Londres e e acabar de vez com a poluição do rio.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email