Em agosto, o irlandês Fionn Ferreira, 18 anos, venceu a Google Science Fair 2019, evento internacional que premia jovens cientistas de 13 a 18 anos. Selecionado entre milhares de participantes, Fionn ganhou uma bolsa de estudos de 50 mil dólares (o equivalente a cerca de 200 mil reais) por criar um projeto que remove microplásticos da água.

A ideia surgiu em uma aula de química, na qual ele aprendeu que óleo vegetal atrai plástico. A leitura de um estudo sobre a limpeza de derramamento de óleo na água com o uso de pó de magnetita (um mineral) também ajudou. “Isso me fez pensar que uma combinação de óleo e magnetita permitiria a remoção do plástico da água”, escreveu Fionn em seu projeto.

Assim, a um pote contendo água e determinada quantidade de microplástico o garoto adiciona óleo e pó de magnetita para atrair o microplástico. Depois, todos esses elementos são retirados da água com o uso de um ímã. Fionn fez os experimentos em casa, usando óculos de segurança e máscara de proteção contra poeira, sob a supervisão de um adulto.

Em cerca de mil testes, ele conseguiu eliminar, em média, 85% dos microplásticos. “O próximo passo é conseguir isso em nível industrial”, escreveu o jovem, que defende a aplicação da descoberta nos centros de tratamento de água para evitar que os microplásticos cheguem ao oceano.

O que é microplástico?

São partículas de plástico com menos de 5 milímetros de comprimento (menores do que uma formiga) que acabam parando nos oceanos vindas de embalagens, redes de pesca, escovas de dentes e até roupas. Além de poluir as águas, esses pedaços de plástico são confundidos com alimentos pelos animais, que terminam sendo contaminados, assim como os seres humanos quando os comem.

fionn-microplastico-ciencia-e-tecnologia-136
#pracegover: Fionn Ferreira, vestindo camiseta branca e moletom preto, apresenta o projeto para o público. Foto: reprodução.

Fontes: Canaltech, A Soma de Todos os Afetos, Google Science Fair.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 136 do jornal Joca.

Enquete

Qual foi o seu game preferido do ano, até agora?

Comentários (0)

Compartilhar por email