Atletas australianos durante treinos para a Paralimpíada de Tóquio. Foto: Yuichi Yamazaki/Getty Images for International Paralympic Committee

Um dia antes da abertura dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, o Japão registrou o 12º dia seguido de recorde na média de novos casos de covid-19. A capital, onde os jogos vão acontecer, entrou em estado de emergência em 12 de agosto. A medida deve durar até pelo menos o fim do mês.

Assim como nos Jogos Olímpicos, as partidas não terão a presença do público. A situação do país é pior do que na época da Olimpíada – às vésperas da cerimônia de abertura do evento, o Japão enfrentava a maior onda de casos de covid-19. Um dos principais motivos para o aumento de casos é a variante delta (saiba o que é essa cepa clicando aqui). Além disso, o avanço lento da vacinação está fazendo com que o número de internações aumente. Estima-se que apenas 60% dos japoneses tenham recebido a dose do imunizante contra a covid-19.

Eliseu e Marcelo dos Santos, brasileiros que disputam na bocha adaptada, durante treino dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Foto: Kiyoshi Ota/Getty Images

A lotação dos hospitais é motivo de preocupação para quem participa do evento. De acordo com a imprensa local, um dos principais hospitais da capital se recusou a atender os atletas que tiverem emergências durante o evento para priorizar os casos de covid-19. Para contornar a situação, o ministério da saúde japonês está pedindo que a comunidade médica ajude a fornecer leitos para tratar pacientes infectados pelo novo coronavírus, já que os hospitais estão sobrecarregados.

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio estão marcados para ser realizados entre 24 de agosto e 5 de setembro. Os cuidados para evitar a covid-19 devem ser ainda maiores do que na Olimpíada, já que alguns dos atletas paralímpicos podem se classificar nos grupos de risco da doença (por precisar de outras pessoas na rotina ou tomar medicamentos que fazem com que a imunidade, ou seja, a capacidade do corpo de se defender de doenças, fique mais baixa, por exemplo).

Fontes: G1, O Globo e Veja São Paulo.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (1)

  • aluno.gabrielzuza@colegiomagister.com.br

    3 semanas atrás

    To torcendo para que ninguém pegue covid-19 nessa paralimpíada porque está sendo muito legal já começou com ouro e prata e vai Brasillllllllllllll.

Compartilhar por email