Fóssil foi encontrado pelo jovem Diego Suarez. Fonte: Guinness World Records.
Fóssil foi encontrado pelo jovem Diego Suarez. Fonte: Guinness World Records.

Um chileno conquistou o recorde de pessoa mais nova a achar um fóssil de uma espécie desconhecida de dinossauro. Em 2004, Diego Suarez, que na época tinha sete anos, estava passeando com os pais pela Floresta de Aysén, no Chile, quando tropeçou nas vértebras de uma criatura pré-histórica.

Apesar de esse episódio ter ocorrido há mais de 10 anos, apenas neste ano o garoto, que atualmente tem 20 anos, entrou no Guinness World Records, o livro dos recordes. Em homenagem a Diego, a espécie foi chamada de Chilesaurus diegosuarezi.

Atualmente, Diego tem 20 anos.

De tamanho pequeno, esses dinossauros tinham entre dois e três metros de comprimento e viveram na Terra há 150 milhões de anos. De acordo com os cientistas, os fatos indicam que a espécie se alimentava de vegetais.

“O Chilesaurus diegosuarezi tinha braços robustos, mas suas mãos tinham apenas dois dedos pontudos, então está claro que essa espécie não usava as mãos para capturar animais”, diz Fernando Novas, do Museu Natural de Buenos Aires, na Argentina.

“Esse animal pode ser descrito como um tipo de puma com cabeça de guanaco (espécie parecida com a lhama) e mãos de Tyrannosaurus rex”.

 

Enquete

Qual tem sido a sua diversão preferida durante o isolamento social?

Comentários (0)

Compartilhar por email