Macron

O político liberal Emmanuel Macron, de 39 anos, Emmanuel Macron e a ultranacionalista Marine Le Pen, de 48 anos, foram os dois melhores colocados no 1º turno da eleição para presidente da França, que aconteceu ontem.

Le Pen

Ele, do partido “Em Marcha!” obteve cerca de 24% dos votos, contra os 21% da líder do extrema-direita Frente Nacional (FN). François Fillon, dos republicanos, foi o terceiro colocado, com 19,94%, e o socialista Jean-Luc Mélenchon ficou com 19,62%.

Pela primeira vez desde 1958, ou seja, há quase 60 anos, os dois grandes partidos políticos da França, da esquerda e da direita, o Republicano e o Socialista, não estão na disputa da presidência.

O segundo turno das eleições que irá decidir entre os dois quem será o próximo presidente francês, está marcado para 7 de maio.

Após o resultado, na noite de domingo, aconteceram vários protestos na famosa Praça da Bastilha e pelo menos menos nove pessoas ficaram feridas e 29 foram presas.

Os feridos são policiais e manifestantes que participaram da marcha estudantil “anti-Macron” e também contra Marine, considerada facista por alguns franceses.

O resultado das eleições pode enfraquecer ou até mesmo acabar com a União Europeia e da zona do euro. Isso porque Macron defende a permanência da França no bloco mas Le Pen apoia o chamado Frexit — a saída do país do mercado comum.

A França e a Alemanha são fundadores da UE e “comandam” o grupo de países europeus.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email