As medidas de segurança depois da vacina indicam que os imunizantes não são seguros?
Não. As vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil foram testadas e consideradas seguras e eficazes pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Mas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), ainda não se sabe exatamente se a pessoa vacinada pode carregar o vírus e transmiti-lo a outras pessoas.

O mundo inteiro precisa estar vacinado para tudo voltar ao normal?
Não. Quando determinado número de pessoas é vacinado, o vírus perde a força por não poder infectar uma quantidade suficiente da população e a pandemia termina. Mas é difícil estimar o número necessário de indivíduos vacinados para que isso ocorra — depende da eficácia das vacinas utilizadas em cada país, entre outros fatores.

Cuidados a seguir mesmo depois de tomar a vacina*:

– Usar máscara, manter o distanciamento social e evitar lugares com aglomeração e pouco ventilados quando:
• Estiver em locais públicos;
• Reunir-se com pessoas não vacinadas que morem em outra casa;
• Encontrar com pessoas não vacinadas que façam parte do grupo de risco ou que morem com alguém desse grupo.

– Evitar reuniões com quantidade média ou grande de pessoas;
– Só viajar se for realmente necessário;
– Ficar atento aos sintomas da covid-19. Se eles surgirem, principalmente se tiver ficado perto de uma pessoa infectada, é recomendado fazer o teste para detectar a doença e ficar em casa, em isolamento;
– Seguir as recomendações de segurança em lugares como escolas e escritórios.

O que é seguro fazer depois de estar totalmente vacinado?*

  • Reunir-se em ambientes abertos ou fechados com pessoas já vacinadas sem precisar usar máscara;
  • Caso tenha contato com uma pessoa infectada, não é necessário ficar em quarentena se não tiver sintomas da doença.

Para relembrar
Grupo de risco da covid-19: pessoas que correm o risco de ficar mais gravemente doentes caso contraiam o vírus, como idosos e quem tem doenças crônicas

*De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC).

Fontes: Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde e The National Interest.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 167 do jornal Joca.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (7)

  • mac.valen

    4 meses atrás

    legal

  • Miguel Bruner

    4 meses atrás

    legal

  • Rodrigo Barros

    5 meses atrás

    Legal

  • Luisa Almeida

    5 meses atrás

    interessante

  • Joaquim Ribeiro

    5 meses atrás

    acaba logo covide

  • Victor

    5 meses atrás

    Legal

  • Luisa Almeida

    5 meses atrás

    verdade

Compartilhar por email