estátua Ayrton Senna no calcadao de Copacabana

Uma estátua em tamanho real do piloto Ayrton Senna foi colocada no calçadão da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, um dos pontos turísticos mais famosos do Brasil.

Instalada no dia 27 de dezembro, a peça é feita de bronze e mostra o atleta brasileiro em cima de um pódio, segurando a bandeira do Brasil.

estátua Ayrton Senna no calcadao de Copacabana
O piloto morreu em 1994, durante uma corrida disputada em San Marino. Foto: Hurb

A estátua, feita pelo escultor Mario Pitanguy, foi encomendada pela agência de viagens Hurb – Hotel Urbano, com o objetivo de prestar uma homenagem ao piloto (saiba mais sobre a história dele abaixo).

Desde que foi instalada, a novidade vem chamando a atenção de turistas e frequentadores, que estão aproveitando para admirar o trabalho e tirar fotos com a peça.

Além da escultura de Senna, no calçadão de Copacabana é possível encontrar estátuas do cantor e compositor baiano Dorival Caymmi e do poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade.

estátua carlos drummond de andrade no calçadao de Copacabana
A estátua de Carlos Drummond de Andrade foi inaugurada no calçadão de Copacabana em 2002. Foto: Divulgação
Estátua Dorival Cayimmi no calcadao de Copacabana
A estátua do cantor e compositor Dorival Caymmi foi inaugurada no calçadão de Copacabana em 2008. Foto: Divulgação

Quem foi Ayrton Senna?

Considerado um dos maiores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos, Senna foi campeão mundial três vezes (1988, 1990 e 1991).

Ao longo de sua carreira, disputou 161 corridas de Fórmula 1 e venceu 41 delas.

estátua Ayrton Senna no calcadao de Copacabana
Ayrton Senna levantando a taça do Grande Prêmio de Mônaco, em 1992. Foto: Instituto Ayrton Senna

O piloto morreu em 1994, aos 34 anos, durante uma corrida disputada em San Marino (país que faz fronteira com a Itália). Na sétima volta, Senna sofreu um acidente com o carro e não resistiu.

O piloto é considerado um dos maiores atletas da história do Brasil.

 

Enquete

Qual é o acontecimento mais esperado de 2020?

Comentários (0)

Compartilhar por email