Templos de cidade submersa estavam repletos de artefatos preciosos. Crédito de Imagem: divulgação/ Christoph Gerigk ©Franck Goddio/Hilti Foundation

No dia 19 de setembro, o Instituto Europeu de Arqueologia Subaquática (Ieasm, na sigla em inglês) divulgou uma nota sobre a descoberta de artefatos egípcios e gregos nas ruínas de antigos templos em uma cidade submersa na costa do Egito. Thonis-Heracleion, ou apenas Heracleion, foi uma cidade portuária da Baía de Aboukir, fundada oito séculos antes de Cristo (a.C.) e que acabou sendo completamente submersa pelo Mar Mediterrâneo há cerca de mil anos. 

Os pesquisadores, que tinham um time de arqueólogos subaquáticos para auxiliá-los, encontraram objetos preciosos pertencentes a um templo feito para Amon, deus egípcio do vento. Também foi localizado um templo feito para o culto de Afrodite, deusa grega do amor. O local existiu cinco séculos a.C., segundo uma publicação do Ministério de Turismo e Antiguidades do Egito.

A junção de deuses egípcios e gregos possui uma explicação: no período entre 664 e 525 a.C., alguns gregos foram autorizados a viver e trabalhar na cidade egípcia, podendo ter também os próprios templos, já que os deuses cultuados pelos gregos eram diferentes dos adorados pelo povo do Egito.

Dentre os artefatos encontrados estavam joias, objetos religiosos utilizados para rituais e outros itens preciosos, como perfumes e armas. A equipe de busca foi liderada pelo arqueólogo Franck Goddio. Ainda segundo o Ieasm, o templo de Amon recebia faraós para a nomeação de títulos de poder e atributos sagrados. 

Alguns dos itens encontrados em Heracleion. Crédito de imagem: divulgação: Institut Européen d’Archéologie Sous-Marine (Ieasm)

Heracleion 

A cidade portuária foi considerada o principal porto do Egito no século 2 a.C. Após vivenciar uma série de fenômenos e tragédias naturais, o local foi completamente afundado no Mar Mediterrâneo oito séculos a.C. Hoje, suas ruínas se encontram a 6,9 km de distância da costa do Egito e a cerca de 150 metros de profundidade.

Glossário:

Antes de Cristo (a.C.): registro histórico que utiliza o nascimento de Jesus Cristo como marco divisor da história

Fontes: Galileu, CNN, Aventuras na História, Ministério de Turismo e Antiguidades do Egito no Facebook, Instituto Europeu de Arqueologia Subaquática e Ieasm.

Enquete

Sobre qual assunto você gosta mais de ler no portal do Joca?

Comentários (4)

  • Tom Santos

    5 dias atrás

    Eu gostei muito deste artigo, era muito legal e eu aprende muito sobre esse artigo muito legal que muitas pessoas pode aprender sobre tambem.

  • SOMAR 30

    3 meses atrás

    legal

  • SOMAR 30

    3 meses atrás

    bom

  • Marina mpiccolo@notredamecampinas.net.br

    4 meses atrás

    Saudações, caros leitores do Jornal Joca! Nós somos o 6º ano C do Colégio Notre Dame de Campinas. Achamos o assunto dessa matéria muito curioso e interessante. Muito legal terem encontrado esses artefatos históricos sobre esse período. O fato de gregos e egípcios terem convivido bem em relação à religiosidade é intrigante! Esses itens da Antiguidade agora serão exibidos e se tornarão Patrimônio da Humanidade. Agradecemos pela atenção e esperamos saber mais sobre esse assunto. 6C e professora Marina

Compartilhar por email

error: Contéudo Protegido