…A CIA (Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos, na sigla em inglês) conseguiu transformar um gato em um transmissor de informações? Como esses animais fazem pouco barulho, eles já foram enviados para se infiltrar em determinados ambientes munidos de aparelhos de escuta, que permitiam aos agentes da CIA acompanhar, por áudio, o que estava acontecendo.

gato dentro de mala antiga. foto: reprodução
#pracegover: gato de pelos em tons de amarelo e marrom está dentro de mala antiga, em campo de grama verde Foto: reprodução.

…Bichos já foram usados como espiões? Tubarões, ratos e pombos foram alguns dos animais que, ao longo do tempo, receberam dispositivos no corpo para participar de esquemas de espionagens.

tubarão nadando no fundo do oceano. foto: reprodução
#pracegover: tubarão de cor acinzentada nada no fundo do oceano. Foto: reprodução.

…Alguns microrganismos marinhos já ajudaram a identificar submarinos e drones aquáticos? Quando sofrem algum tipo de perturbação, como a causada por esses equipamentos, eles passam a brilhar e podem ser vistos sem a ajuda de microscópios — denunciando uma “presença” estranha na água.

…Na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), os pombos serviam de mensageiros e “olhos”? Eles carregavam “pombogramas” (telegramas enviados por meio dessas aves) e câmeras para registrar a movimentação das tropas inimigas.

estátua com pombo parado em cima. foto: reprodução
#pracegover: estátua de uma pessoa, já desgastada pelo tempo, tem um pombo de penas pretas parado em cima de seu ombro. Foto: reprodução.

Fontes: BBC, Folha de S.Paulo e Smithsonian Magazine.

Texto publicado originalmente na edição 135 do jornal Joca.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (1)

  • Luísa Molinaro Rossato

    2 anos atrás

    legalllll

Compartilhar por email