O vilarejo de Nagoro, no Japão, encontrou uma forma inusitada de deixar a cidade mais cheia: usar espantalhos. Atualmente, existem dez bonecos para cada um dos 26 habitantes do local. Eles ocupam escolas, casas e outros espaços de Nagoro. A história começou quando um agricultor chamado Ayano, cansado de ter suas sementes devoradas por pássaros, decidiu colocar um espantalho vestido com as roupas do pai para afastar as aves. A maluquice tomou outros rumos quando um dos funcionários pensou que o boneco era realmente o pai do agricultor. Ayano, achando graça da situação, decidiu continuar fazendo bonecos e não parou mais de povoar a cidade dessa maneira.

#pracegover: bonecos sentados em frente a uma mesa escolar. Eles estão lendo livros. Os bonecos são brancos, de cabelo preto e usam roupas de cores distintas. O que está em destaque na imagem tem casaco rosa e touca combinando. Crédito: Reprodução.

Fontes: The Economic Times, G1 e Terra.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 131 do jornal Joca.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email