Um telescópio russo que vai mapear os detritos espaciais será inaugurado nesta quarta-feira em Brazópolis (MG).

O projeto foi criado para monitorar o céu e é uma parceria entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e a empresa do governo russo, Roscosmos.

Esse é o primeiro telescópio desse tipo no Brasil, que também é o primeiro país a receber o projeto da Rússia.

Os russos investiram cerca de R$ 10 milhões no projeto e com parte desse dinheiro foi construído um prédio para abrigar o telescópio. Eles também forneceram o equipamento e fizeram a instalação do telescópio.

As obras começaram em novembro do ano passado e, em março, as primeiras imagens já foram geradas.
O telescópio instalado no Brasil vai trabalhar junto com outro equipamento quase idêntico instalado na Rússia, nas montanhas Altai na Sibéria, a cerca de 15 mil quilômetros de distância.

O observatório instalado no Brasil fica a 1.864 metros de altitude entre Brazópolis e Piranguçu, no Sul de Minas Gerais.

Os dois telescópios vão fazer imagens de várias partes do céu, e qualquer pedaço de detrito que aparecer será mapeado.

 

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email