A passagem do supertufão Dujuan, em Taiwan, deixou mais de 350 pessoas feridas e cerca de 3 mortos. Mais de 12.000 pessoas tiveram que abandonar suas casas e 3.000 permanecem em abrigos.O supertufão trouxe uma tempestade para a ilha, onde quase meio milhão de pessoas ficaram sem energia elétrica.

A agência oficial chinesa Xinhua, informou que o tufão deixou Taiwan e está indo para  a região de Putian, na China.
O vento derrubou muitas árvores, provocou deslizamentos de terra e muitos acidentes de trânsito. 

ASTRONAUTA CLICA SUPERTUFÃO

Em agosto o astronauta japonês Kimiya Yui tuitou uma imagem do supertufão Soudelor.
A imagem foi clicada a partir da Estação Espacial internacional.Ver imagem no Twitter

猛烈な強さの台風が接近中です。台風の情報に注意し、準備を怠りなく行って下さい。 Very strong Typhoon is moving toward Taiwan. Please be prepared and be safe.

O supertufão é a maior tempestade de 2015, e já atingiu a escala 5, categoria máxima para eventos desse tipo. Há registros de ventos de 250 km/h em seu interior.

O que é Tufão:


Tufão é um fenômeno meteorológico caracterizado por um ciclone tropical que ocorre nos mares orientais, normalmente nos mares da China e no oceano Índico.

Os tufões possuem um enorme poder de destruição, com rajadas de ventos que podem chegar aos 360 quilômetros por hora.

O tufão ocorre devido a variações de temperatura e direção dos ventos.

Existe uma diferenciação básica entre tufão, ciclone e furacão embora os três termos descrevam o mesmo tipo de fenômeno.

O ciclone caracteriza-se por ser uma tempestade violenta em regiões tropicais ou sub-tropicais quando os ventos superam os 50 km por hora.

O furacão já possui uma velocidade maior que 199km/h e costuma girar no sentido horário no hemisfério sul e no sentido anti-horário no hemisfério norte. São comuns no mar do Caribe ou nos EUA, chegando a medir de 200 a 400 km de diâmetro.

O tufão é o nome dado aos ciclones no sul da Ásia e na parte ocidental do oceano Índico tendo as mesmas características de um furacão.

O tornado, o mais forte de todos os fenômenos meteorológicos. Embora menor que os anteriores a velocidade dos ventos costuma atingir 490km/h no hemisfério norte alcançando um poder de destruição enorme.

Tufões, furacões ou ciclones se iniciam em regiões oceânicas onde a temperatura ultrapassa os 27º C.

A água dos oceanos começa a evaporar e se acumular em forma de nuvens na camada mais baixa da atmosfera. Isso cria uma camada de baixa pressão atmosférica, fazendo com que o ar comece a subir ainda mais rápido e com que o ar frio da camada superior comece a descer pelo centro da tempestade. Então, ventos em sentido contrário fazem com que a tempestade comece a girar.

À medida que o furacão se movimenta sobre o mar, mais água evapora, alimentando o furacão. Quando o tufão atinge algum continente, que é mais frio e seco, ele se dissipa, mas, não sem antes deixar um rastro devastador.

Tufão é uma nomenclatura utilizada para categorizar um tipo de ciclone, assim como o furacão. São descritos como redemoinhos que giram em torno de um núcleo de baixa pressão atmosférica. O que determina se um ciclone será tufão, furacão, tempestade tropical, tempestade ciclônica ou uma depressão tropical, é o local em que ele ocorre e a sua intensidade.

Além da China e Filipinas, a ocorrência de tufões no Japão é constante. Entre os principais e mais recentes tufões que atingiram os países asiáticos e oceânicos está o Super Tufão Haiyan (causou mais de 4 mil mortes); Tufão Nancy (que atingiu ventos de até 306 km/h); Tufão Vera (matou mais de 5 mil pessoas no Japão, com ventos de 305 km/h); Tufão Tip (o maior tufão já registrado, com um diâmetro de tempestade de quase 2.220 km); entre outros.

Tufão e furacão
Os ciclones são tufões quando ocorrem no Oceano Pacífico Noroeste (a oeste da linha internacional da data), no sul da Ásia e na parte ocidental do oceano Índico. O tufão é um ciclone tropical e possui as mesmas características de um furacão. A diferença entre um tufão e um furacão está mesmo na região em que se formam.

Já os furacões, por sua vez, são ciclones tropicais que se formam no Oceano Atlântico Norte, Oceano Pacífico Nordeste (a leste da linha internacional da data) e no Oceano Pacífico Sul.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email