Depois de um dia exaustivo de trabalho, tudo o que os pais querem é ter uma boa e longa noite de sono. Mesmo que essa não seja sempre a realidade de quem tem filhos com dificuldade para dormir, é bom saber que é possível melhorar o sono da criança com algumas dicas simples.

Já que dormir bem é importante tanto para os pequenos quanto para os pais, o jeito é encontrar uma forma de regular o sono deles e garantir que todos usufruam dos benefícios que uma noite bem dormida traz.

Ficou curioso? Então, fique de olho no post que preparamos para você!

1. Prepare o ambiente

Garanta, antes de tudo, que o local de dormir seja o mesmo, pois, para crianças, é fundamental ter hábitos. O fato de ela adormecer sempre no mesmo lugar faz com que se sinta segura e não encontre dificuldades em cair no sono.

Deixe o lugar aconchegante e evite aparelhos eletrônicos. Segundo o pediatra Leonardo Posternak, esses aparelhos dispersam as crianças, além de servirem como estimulantes. Ensine seu filho desde cedo que o quarto é para dormir e, no máximo, para leituras.

Evite também decorações muito elaboradas. Diversas cores, personagens, roupas de cama com muitos detalhes, tudo isso pode servir de estímulo e fazer com que a criança perca o foco na hora de adormecer.

É importante também que ela tenha seu próprio espaço. Isso significa que não é nada bom deixar que crie o hábito de dormir no quarto e na cama dos pais.

2. Estabeleça um horário para o sono da criança

Dormir sempre no mesmo horário cria uma rotina para a criança e isso ajuda a afastar a insônia. Ao ir para a cama todos os dias no mesmo horário, o corpo se adapta, fazendo com que adormeça com mais facilidade. Por isso, nada de ceder aos pedidos de ficar acordada até mais tarde.

O ideal é que as crianças durmam entre 19h e 21h. Segundo o pediatra Gustavo Moreira, do Instituto do Sono, desde o primeiro ano de vida do bebê, é importante que ele durma entre esses horários e que isso vire uma rotina para que o organismo aceite com naturalidade.

3. Deixe a criança dormir durante a tarde

Se você pensa que o sono diurno atrapalha o noturno, engana-se. Segundo a psicóloga Renata Kraiser, o sono da tarde é muito importante para que as crianças assimilem os aprendizados durante o dia. É um hábito simples que faz com que a criança usufrua melhor o tempo em que está acordada.

Além desse benefício, o soninho da tarde tem outras vantagens. São elas:

– melhora a produtividade;

– diminui a irritação;

– ajuda no desenvolvimento cognitivo;

– reduz a ansiedade;

– previne a obesidade;

– melhora a coordenação motora.

Mas, atenção: é fundamental que a soneca seja no meio da tarde, para que sono noturno não fique comprometido. A soneca da tarde deve ser incentivada até os cinco anos, aproximadamente.

4. Evite estímulos na hora de dormir

Esse é um dos motivos mais comuns que levam as crianças a ter problemas na hora de dormir. Televisão, brincadeiras, música e até alguns alimentos fazem com que o sono vá embora. Sendo assim, estabeleça regras como:

– não deixar a tv ligada no quarto;

– não tomar bebidas com cafeína e açúcar à noite;

– definir horário para brincadeiras;

– para os mais grandinhos, não deixar que fiquem com o celular dos pais na cama.

Essas regras valem também para os pais e outros membros da família.

5. Cuide da alimentação

Não é saudável para a criança dormir de barriga cheia. Refluxo, azia e vômito são algumas consequências e, acredite, elas vão impedir que você e seu filho tenham uma noite de sono tranquila.

Mesmo que não surjam esses sintomas, a barriga cheia vai causar inquietação e fragmentar o sono, fazendo a criança acordar várias vezes durante a noite. O ideal é que a última refeição seja pelo menos duas horas antes de ir dormir.

Além disso, evite que ela tome leite, cafeína e alimentos com muito açúcar, pois eles são estimulantes. Fique de olho também nos chás. Muitas mães dão chás para seus filhos à noite e não percebem que a maioria deles tem cafeína.

6. Não pegue no colo

Muitos pais, principalmente de bebês, não resistem. Quando os pequenos estão inquietos, colocam no colo e, em algumas situações, ainda levam para suas camas. Evite esse comportamento, pois representa um estímulo que dificulta o retorno do sono.

Fique um pouco no quarto, pois sua companhia vai transmitir segurança. E, então, espere que adormeça sozinho. Inclusive, isso também vai ajudar a criança a criar independência, principalmente as menores.

7. Acabe com os medos

Seu filho tem medo do escuro ou fantasia que monstros noturnos vão invadir o quarto? Acabe com o medo dele. Se o problema for ficar com as luzes apagadas, deixe uma pequena luz acesa no criado-mudo ou de um cômodo próximo. Se são os monstros que tiram o sono dele, simule uma espada imaginária e acabe com eles!

8. Passe mais tempo com ela

Quando as crianças passam pouco tempo com os pais, querem aproveitar a companhia deles. Na hora de dormir, é comum que elas fiquem enrolando para adormecer e afastem o sono. Nesses casos, é fundamental reservar um tempo para dedicar-se a elas para que essa carência não se reflita na hora de ir para a cama.

Sendo assim, mesmo que o tempo seja curto, faça atividades com seu filho. Pergunte sobre seu dia, elogie seus progressos e nunca se esqueça de falar que o ama. Falta de tempo nunca deve ser motivo para abrir mão dos melhores momentos ao lado deles.

As dicas são simples, mas pode ser que na prática dê um pouco de trabalho, afinal, educar as crianças sempre será um desafio. Mesmo assim, seja determinado e não desista. Basta um pouco de persistência e logo você verá que a dificuldade do seu filho para dormir é coisa do passado.

E então, você acha que nossas dicas vão melhorar o sono da criança? Aproveite a visita ao nosso blog e siga-nos nas nossas redes sociais: Facebook e Instagram.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email