Os eleitores do Reino Unido comparecerão às urnas nesta quinta-feira, 8 de junho, para decidir se o governo do país permanecerá nas mãos do Partido Conservador da atual primeira-ministra, Theresa May, ou se tomará novos rumos com o Partido Trabalhista, liderado por Jeremy Corbyn.

Os britânicos votaram pela última vez em 2016, no plebiscito para decidir a saída ou a permanência do país da União Europeia.

Theresa May, do Partido Conservador

Cerca de 46,9 milhões de britânicos estão inscritos para votar nos mais de 40 mil colégios eleitorais.

A eleição estava prevista para 2020, mas foi antecipada pela primeira-ministra Theresa May em abril. Ela afirmou ser necessário ouvir o desejo da população para continuar com as negociações do Brexit.

Thereza May assumiu o cargo após a renúncia do antigo primeiro-ministro David Cameron em setembro do ano passado, que pediu demissão depois do Reino Unido votar a favor do Brexit.

Na época, 52% dos leitores votaram a favor da saída do Reino Unido da União Europeia, e 48% votou pela permanência.

Resultado de imagem para bre xit

A primeira-ministra é do Partido Conservador e é a favor do Brexit, ou seja, quer que o Reino Unido saia da União Europeia.

Em meio à insegurança no país devido aos últimos atentados terroristas em Manchester e Londres, a premiê afirmou que está disposta a mudar as leis que protegem os direitos humanos, caso isso ajude no combate ao terrorismo.

Jeremy Corbyn, do Partido dos Trabalhistas

O principal opositor de Theresa May no pleito é o esquerdista Jeremy Corbyn, 68 anos, do Partido Trabalhista. Ele quer manter o acesso ao mercado único europeu.

Uma pesquisa da empresa Ipsos divulgada dia 2 de junho aponta que os conservadores têm 45% dos votos, contra 40% dos trabalhistas.

No Reino Unido o voto não é obrigatório, e o comparecimento às urnas chegou ao menor de todos tempos em 2001, com comparecimento de apenas 59,4% dos eleitores.

 

Como funcionam as eleições parlamentares britânicas?

No sistema parlamentar britânico, os países formados pelo Reino Unido: Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte, escolhem um deputado para ocupar os assentos na Câmara, ou “Casa dos Comuns”, que fica no Palácio de Westminster, sede do Parlamento. Cada deputado trabalha por cinco anos.

Depois da eleição dos parlamentares que irão compor a Câmara, o líder do partido mais votado torna-se o novo primeiro-ministro do Reino Unido.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email