Em 2002, durante a construção de um estacionamento em Leicester, na Inglaterra, trabalhadores encontraram a ossada do Rei Ricardo III, o último rei da Inglaterra da era medieval.

Nas construção do estacionamento, foram encontrados os restos mortais do rei Ricardo III

Ricardo III morreu na Batalha de Bosworth Field, no centro da Inglaterra, em 1485, e foi sepultado em um túmulo humilde mas agora será novamente enterrado na próxima semana, quase 530 anos após seu falecimento.  

Seu corpo será sepultado na catedral de Leicester em um caixão de carvalho criado por um de seus descendentes, que inclusive ajudou com seu DNA, a identificar os restos mortais do rei. Os testes indicaram 99,999% de certeza de que o esqueleto era de Ricardo. 

 

Esqueleto do rei Ricardo III mostra sua coluna curvada e sinais de trauma na cabeça que aconteceram na sua última batalha. Crédito: University of Leicester

Em suas histórias, o escritor britânico William Shakespeare (1564-1616) descreveu Ricardo como um corcunda, um rei sanguinário que subiu ao trono depois de matar muita gente e após a morte de seu irmão, Eduardo 4º.  Entre suas vítimas estavam o ex-rei Henrique 6º, outro de seus irmãos, e os próprios sobrinhos  – os “príncipes na Torre”, um deles de 12 anos de idade, Eduardo 5º, o rei legítimo.

Mas a Sociedade Ricardo III, formada há 90 anos e que agora tem milhares de adeptos em todo o mundo, afirma que ele foi um bom governante e que era inocente dos crimes.

Até ser encontrado, acreditava-se que o corpo do rei tinha sido jogado em um rio.

Ingleses com roupas medievais no local onde escavadores descobriram a ossada do rei Ricardo III
Ricardo II e a Rainha Ana

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email