752px-Papa_Francisco_na_JMJ_-_24072013_tratada
Papa Franscisco (Foto: Tomaz Silva/ABr)

Líderes de Israel e da Palestina se uniram no Vaticano para orar pela paz 

Os conflitos entre árabes e judeus, apesar de parecerem atuais, têm origem milenar e carregam uma longa história de desavenças religiosas e de disputa por terras. Para tentar contornar a situação, o papa Francisco convidou o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, e de Israel, Shimon Peres, a se unirem em orações pela paz na casa dele, o Vaticano, no dia 8 de junho.

PelaPaz
À ESQUERDA, MAHMOUD ABBAS (IMAGEM: THINKSTOCK). À DIREITA, SHIMON PERES (FOTO: MICHAEL THAIDIGSMANN)

 

____________________________________________________________________________________

Briga histórica

Após a Segunda Guerra Mundial e o fim do Holocausto*, que exterminou 6 milhões de judeus, o mundo intensificou os pedidos para a criação de um estado israelense. Foi então que a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou, em 1947, um plano de partilha da Palestina em dois estados: um para Israel, ocupando 57% da área, e outro palestino, com o restante das terras. Essa partilha, desigual em relação à ocupação histórica, desagradou os países árabes em geral.

* Holocausto: prática de perseguição política, étnica e religiosa durante os anos de governo nazista de Adolf Hitler na Alemanha

PelaPaz2

____________________________________________________________________________________

 

 

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2021?

Comentários (0)

Compartilhar por email