O mundo está cheio de acontecimentos. Basta ligar a televisão ou abrir o jornal impresso e tudo está lá para ser conhecido. Mas essa realidade é de fácil acesso para os adultos. Geralmente, as notícias para crianças são difíceis de encontrar.

Além do mais, é preciso dar aos filhos informações que os enriqueçam. Assuntos culturais, sobre política e saúde, por exemplo, devem entrar na pauta discutida pelas crianças. Logicamente, isso deve estar em uma linguagem adequada à faixa etária.

Mas, quais seriam as opções apropriadas? Acompanhe este texto e conheça 6 maneiras de passar informações valiosas para as crianças. Confira!

1. Jogos para saber sobre empreendedorismo

Seus filhos vão crescer e, quando adultos, terão que definir suas vidas profissionais. Eles serão donos de suas carreiras e até mesmo do próprio negócio.

Mas até chegar lá, não seria bom ensinar desde cedo os valores do empreendedorismo? Se eles aprenderem desde pequenos, terão mais êxito no futuro.

Uma maneira de trabalhar isso é por meio de jogos. Por exemplo, o game Pizza Co. Aparentemente, é um jogo de gastronomia, mas vai além disso. Esse game ensina gestão empresarial de uma maneira muito divertida, além de estimular habilidades da área de Matemática e fazer reconhecimento de padrões.

Como funciona esse jogo? Com uma massa de pizza e diferentes coberturas, tudo de brinquedo, as crianças criam os sabores desejados pelos clientes. Assim que cada pedido for aceito, uma quantia de dinheiro (falso) deve ser paga. Mas não para por aí!

Ao longo do jogo, à medida que o empreendimento do jogador cresce, ele pode investir o dinheiro que ganhou para decorar a pizzaria e adquirir novos fornos. Ainda é possível, depois de um tempo, adquirir outras pizzarias. Superestimulante, não acha?

O Pizza Co pode ser jogado por crianças com idades entre 7 e 12 anos. Se seu filho for mais novo, existe uma versão para crianças com 5 e 6 anos de idade.

2. Livros para falar sobre respeito e igualdade

Questões como a violência contra a mulher e a homofobia são temas que devem ser abordados. Até porque nossos filhos não podem mais reproduzir formas de opressão historicamente enraizadas.

No entanto, muitas vezes os pais não conseguem introduzir esse assunto. Para alguns fica difícil encontrar a abordagem apropriada. No entanto, existem livros infantis que podem ajudar nesse processo.

Por exemplo, o livro Frida Kahlo para meninas e meninos, da escritora argentina Nadia Fink. Essa obra é uma excelente ferramenta para a criança começar a entender o feminismo, a luta de classes e a arte. Contada a partir da biografia da pintora mexicana Frida Kahlo, o livro tem muitas ilustrações e um texto leve.

Outra informação que não pode faltar na infância dos seus filhos é a homossexualidade. E o livro Meus dois Pais, do aclamado escritor brasileiro Walcyr Carrasco, fala sobre o assunto de maneira conveniente.

A história é sobre o menino Naldo, cujos pais são separados. Após um tempo, o pai de Naldo começa a viver junto com seu companheiro Celso. O menino, então, descobre a beleza de ter um pai homossexual e desmascara o preconceito dos parentes da família.

3. Jornal de notícias para crianças

Diariamente, o mundo dos adultos está repleto de meios de comunicação que trazem informações. Mas as crianças nem sempre são contempladas por esses meios.

Tentando mudar essa situação, o Jornal do Joca é uma ótima maneira de trazer informações para os pequenos. Escrito por jornalistas e pedagogos, é o primeiro e único jornal impresso para o público infantil no Brasil.

E a forma de apuração das notícias não deixa nada a desejar. O jornalismo infantil segue os mesmos padrões éticos do dito jornalismo para adultos. O princípio da objetividade, pluralidade de vozes e isonomia são fielmente respeitados.

A diferença é que Jornal do Joca se aproxima mais da realidade infantil, contando as notícias com uma linguagem adequada à faixa etária da criança.

Tudo isso sendo feito para abordar política, economia e cultura da maneira mais apropriada. O Jornal do Joca existe desde 2011 e conta com edições quinzenais. Pode ser tanto usado em casa quanto adotado pela escola.

4. Site para entender as coisas

A internet já faz parte da vida dos seus filhos. Eles jogam online e acessam sites diversos. No entanto, nem tudo que está na rede é recomendável para a idade da crianças. Neste caso, como manter seu filhos informados por meio da web?

O site Recontando veio trazer uma solução. Esse portal adapta os assuntos mais comentados nas redes sociais para o público infantil. Por meio de animações simples e objetivas, aquele tema espinhoso ganha uma nova roupagem para seu filho entendê-lo. Por exemplo, a tragédia da boate Kiss em Santa Maria é contada de uma maneira leve e informativa para as crianças.

O site possui várias editorias, além de ter jogos, quadrinhos e desenhos para colorir. Crianças a partir de 5 anos de idade já podem acompanhar o que é publicado no site.

5. Um programa de TV para aprender de tudo

A televisão também pode oferecer boas informações às crianças. Mas não estamos falando dos jornais ou programas tradicionais. Há uma programação voltada exclusivamente para o público infantil repleta de temas importantes.

É caso do Castelo Rá-Tim-Bum. As aventuras de Dr. Victor, bruxa Morgana, Nino e seus amigos falam sobre ciência, educação, dentre outros assuntos. Inicialmente lançado na TV Cultura, a série está totalmente disponível no YouTube.

6. Um filme para compreender a cultura

O cinema tem também uma contribuição importante para agregar informações às crianças. Existem filmes que apresentam uma linguagem e detalhes audiovisuais que chamam a atenção do público infantil.

Só para citar um exemplo, temos o curta-metragem Historietas Assombradas para Crianças Malcriadas. Esse filme brasileiro conta a história de Pepe, um garoto que enfrenta monstros e criaturas sobrenaturais a partir dos trabalhos da sua avó, uma velha bruxa. O curta é ótimo para entender como o folclore é um bem cultural importante.

Essas foram algumas formas de você apresentar notícias para crianças. É interessante que, além de ficarem bem informados, seus filhos terão condições de começar a entender o mundo em que vivem. E também a olhar para si mesmos, podendo melhorar a autoestima.

Quer uma boa opção para deixar seu filho bem informado? Experimente um jornal que tem a cara e o jeito infantil.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (2)

  • Viagra Online

    4 anos atrás

    Hello! Cool post, amazing!!!

  • Jornal Joca

    4 anos atrás

    ;-)

Compartilhar por email