Uma mesquita de 800 anos foi destruída em Mosul, no Iraque.

O governo iraquiano aponta a organização terrorista Estado Islâmico (também conhecido como ISIS) como culpada pela destruição da Grande Mesquita de al-Nuri.

Por sua vez, o Estado Islâmico afirma ter sido um ataque aéreo dos Estados Unidos, a causa da explosão da mesquita. Os EUA negaram qualquer envolvimento.

O ISIS assumiu o controle da cidade de Mosul, a segunda maior do Iraque, em 2014. Desde 2016, as tropas iraquianas tentam reconquistar a cidade.

 

O Estado Islâmico é um grupo formado por pessoas que têm como objetivo criar um Estado para o povo muçulmano. O ISIS tornou-se muito poderoso e nele, a lei islâmica radical deve ser seguida.

O líder do grupo é Abu Bakr al-Baghdadi. Ele se intitula um líder espiritual do povo muçulmano.

Em 2014, o ISIS começou a tomar grande parte do Iraque e, em seguida, passou a assumir partes da Síria.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email