Milhares de pessoas participaram de protestos na Bélgica no fim de janeiro para cobrar das autoridades do país e da União Europeia mais ações para frear as mudanças climáticas. No dia 27, o número total de manifestantes nas ruas de Bruxelas, capital do país, chegou a 70 mil. Quatro dias depois, os protestos reuniram cerca de 30 mil jovens e crianças, que deixaram de ir à escola em diversas cidades para apoiar a causa.

Debaixo de chuva e frio, os belgas levaram cartazes com frases como “eu amo o mundo” e “mudar é difícil, não mudar é fatal”.

Nos últimos quatro meses, a cidade teve outras manifestações sobre o clima, que reuniram mais de 10 mil pessoas. A do dia 27 de janeiro, no entanto, foi a maior marcha ecológica da história do país. Além da Bélgica, cerca de 120 cidades e vilas francesas realizaram atos a favor de ações para a preservação do meio ambiente em janeiro.

Mudanças climáticas
Estudos apontam que a temperatura do planeta está aumentando em razão do acúmulo de gases poluentes na atmosfera. Esse processo, chamado aquecimento global, provoca diversos problemas ambientais, como aumento do nível dos mares (o que poderia levar ao desaparecimento de cidades litorâneas) e prejuízos ao desenvolvimento de animais e plantas.

Reduzir as emissões de gases poluentes e plantar árvores são algumas das soluções para combater o problema.

Fontes: BBC, G1 e Time.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 125 do jornal Joca.

Enquete

Como você prefere estudar enquanto está em casa?

Comentários (0)

Compartilhar por email