Reprodução/Oklahoma City Public Schools

No início do século passado, não havia computadores para ajudar em trabalhos escolares e a escrita à mão era difundida em todos os colégios. Nessa época, a lousa funcionava como principal canal de ensino entre o professor e os alunos.

Uma descoberta recente em Oklahoma, nos Estados Unidos, mostra que o quadro-negro podia se transformar em uma verdadeira obra de arte, com desenhos coloridos e caligrafia perfeita. Funcionários de uma escola da cidade faziam a manutenção das lousas do colégio, quando se deparam com registros de aulas de 1917! Já pensou?

Entre os desenhos e escritos – de alunos e professores – tabuadas e lições de literatura. Dá uma olhada:

Tabuada em 1917. Reprodução/Oklahoma City Public Schools
Tabuada em 1917. Reprodução/Oklahoma City Public Schools
Reprodução/Oklahoma City Public Schools
Reprodução/Oklahoma City Public Schools

A diretora da escola considera o achado um verdadeiro tesouro e confessa ter ficado maravilhada com o que estava escondido nas lousas. A prefeitura do lugar pretende preservá-las como documentos históricos.

Enquete

De qual capa do Joca em 2022 você mais gostou até agora?

Comentários (0)

Compartilhar por email