Susan, protagonista do filme "Link Perdido". Foto: YouTube/ Reprodução.
Susan, protagonista do filme "Link Perdido". Foto: YouTube/ Reprodução.
Susan, protagonista do filme Link Perdido. Foto: YouTube/Reprodução

Cenários impressionantes, que vão de florestas a castelos de gelo, são o pano de fundo da mais nova animação do estúdio americano Laika, Link Perdido. O longa estreia em 7 de novembro e mistura comédia e aventura com temas relevantes para o mundo atual, como o preconceito em relação ao diferente e a liberdade das mulheres – apesar de o segundo ser tratado de forma discreta.

O longa conta a história de Sir Lionel Frost, um explorador que procura criaturas mitológicas (ou seja, que ninguém tem certeza de que existem) e, apesar de geralmente conseguir encontrá-las, nunca é capaz de provar que elas realmente existem. Por conta disso, ele nunca consegue ser aceito em um clube de exploradores liderado pelo Lord Piggot. 

Tudo muda quando ele recebe uma carta misteriosa que o convoca para conhecer uma das criaturas mitológicas mais famosas do planeta: uma espécie enorme, que tem a maior pegada do mundo e pesa cerca de 300 quilos (o peso médio de quatro adultos). Ele acredita que o animal é o elo (ou link, em inglês) que faltava para explicar como os seres humanos evoluíram ao longo do tempo – o bicho seria uma amostra do processo de transição entre as espécies de hoje e antigamente. 

Mesmo sem o apoio de ninguém, o aventureiro não desiste e faz um acordo com Lord Piggot: se conseguir provar que o link existe, Frost poderá entrar para o grupo. Entretanto, por ser um homem conservador que tem medo que suas descobertas sejam ultrapassadas, o líder faz de tudo para barrar novos membros. Ele é tão antiquado que nem acredita que mulheres possam se aventurar em descobertas como os homens. 

As aventuras ficam ainda mais intensas quando o explorador, que logo encontra seu alvo, promete ajudá-lo a se reunir com outros da sua espécie se a criatura (que atende por nome de Senhor Linkmas prefere ser chamada de Susan) concordar em dar a ele amostras de pelos ou cocô para que ele finalmente consiga provar uma de suas descobertas. 

Assista ao trailer do filme: 

Enquete

Qual é o acontecimento mais esperado de 2020?

Comentários (0)

Compartilhar por email