Referência mundial em reciclagem, a cidade japonesa de Kamikatsu, em Tokushima, pretende não produzir nenhum resíduo de lixo até 2020.

Para tanto, o primeiro desafio é conscientizar os 1.700 habitantes do município que deve cuidar da higienização, separação e entrega do lixo que produz nos pontos de coleta.
Os habitantes não têm caminhões que fazem a coleta seletiva, eles mesmos fazem a separação dos materiais segundo um padrão nacional, que tem 34 níveis de seleção de resíduos. O sistema japonês é mais complexo e detalhado do que o do resto do mundo, que divide os resíduos em papel, plástico, alumínio, vidro e orgânicos.

Em Kamikatsu, a cidade recicla 80% do lixo que produz. Os outros 20% restantes vão para lixões mas a ideia é que em apenas quatro anos essa prática será extinta.

 

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email