EUA interrompem emissão de vistos de residência permanente

#pracegover: Donald Trump, de terno escuro, fala em frente ao símbolo da Casa Branca. Foto: Drew Angerer/Getty Images

No dia 22 de abril, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem que interrompe a emissão de vistos de residência permanente no país. Isso significa que pessoas de outras nações não vão conseguir autorização para morar nos EUA. A decisão é temporária e deve durar cerca de 60 dias — com possibilidade de prorrogação.

Fontes: Agência Brasil e G1

Petróleo registra queda histórica
O preço do petróleo nos EUA recuou 300% e atingiu o menor valor da história no dia 20 de abril, ficando abaixo de zero dólar. Uma das principais razões para o fato foi a diminuição do consumo do produto ao redor do mundo por causa das quarentenas — há excesso de estoque. O secretário do Tesouro americano (que cuida da economia dos EUA), Steven Mnuchin, declarou que o governo estuda oferecer um empréstimo ao setor do petróleo, que sofre com a queda dos preços.

Fontes: Estadão, Exame, G1 e Veja

Rainha Elizabeth II celebra aniversário sem festa pública

#pracegover: Rainha Elisabeth II veste roupas e chapéu roxo e colar e brincos de pérola. Eka sorri. Foto: Max Mumby/Indigo/Getty Images.

A monarca comemorou, no dia 21 de abril, 94 anos. As tradicionais celebrações públicas foram canceladas por serem consideradas inadequadas para o momento. Pela primeira vez, a rainha passou o aniversário confinada no Castelo de Windsor, sem a família. Ela aproveitou para divulgar fotos antigas da realeza.

Fontes: IstoÉ, G1 e O Globo.

Alemanha começa reabertura gradual do comércio

#pracegover: consumidor dentro de loja de roupas. Ele usa máscara no rosto e luvas nas mãos. Foto: Maja Hitij/Getty Images.

Desde 20 de abril, alguns estabelecimentos da Alemanha reabriram as portas. Negócios com menos de 800 metros quadrados podem funcionar, assim como lojas de bicicletas, concessionárias de carros e livrarias de qualquer tamanho. Angela Merkel, chanceler do país (maior autoridade política da Alemanha), fez alertas sobre os cuidados na retomada.

Fontes: G1, O Globo, UOL e Veja

Irã reabre parques e áreas recreativas
O governo do Irã permitiu que parques, jardins e áreas recreativas reabrissem em 22 de abril. O país foi um dos mais afetados pelo vírus no Oriente Médio, mas considera que o pior já passou e está desenvolvendo um plano de volta gradual do comércio. O vice-ministro da Saúde, Iraj Harirchi, disse por meio de nota que o número de pacientes com covid-19 nos hospitais do país caiu pela metade.

Fontes: G1 e R7

Peru vai prender quem espalhar fake news
Quem divulgar notícias falsas sobre o novo coronavírus será punido com até seis anos de prisão no Peru. O argumento é de que as mentiras estão dificultando o trabalho para conter a doença e podem gerar atitudes irresponsáveis. Outros países estão agindo de forma parecida. Nos EUA, um rapaz foi preso por fazer afirmações falsas na internet sobre formas de transmissão do vírus.

Fontes: BBC e Folha de S.Paulo.

Crianças na Espanha podem sair para passeios
Depois de seis semanas de quarentena rigorosa, o governo da Espanha permitiu que crianças saiam de casa para caminhadas, a partir de 26 de abril. Entre as regras a serem seguidas estão: é proibido brincar com os vizinhos; não é permitido se distanciar mais de um quilômetro de casa; o passeio não pode durar mais de uma hora. A previsão é de que o período de isolamento social termine só no fim de maio.

Fontes: IstoÉ e G1.

Hong Kong estende prazo para fim da quarentena

#pracegover: mulher usando máscara anda por rua quase totalmente vazia em Hong Kong. As portas dos comércios estão fechadas. Foto: Anthony Kwan/Getty Images.

O período de isolamento social estava para acabar quando as autoridades de Hong Kong anunciaram que vão estendê-lo por mais duas semanas. Assim, bares, salões de beleza e outros comércios permanecerão fechados ao menos até 7 de maio. Alguns poucos restaurantes conseguiram autorização para operar com metade da capacidade e respeitando o espaço de 1,5 metro entre as mesas. Reuniões com mais de quatro pessoas também estão proibidas.

Fontes: RTP e Time.8

Casos confirmados no mundo: mais de 2.878.000*
Mortes no mundo: mais de 198.000*
Recuperados no mundo: mais de 885.000 pessoas**

*Segundo a OMS.
**De acordo com a Universidade Johns Hopkins, dos EUA, que monitora em tempo real a evolução da doença.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 148 do jornal Joca.

Enquete

Você conhece alguém que já tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19?

Comentários (0)

Compartilhar por email