Um colégio particular de Brasília premiou Lucas Yuri Bezerra, de 16 anos, por sua honestidade. Mesmo com os pais desempregados, o menino procurou o dono e devolveu uma carteira com R$ 1,6 mil que ele achou no lixo. Agora ele e sua irmã de 14 anos terão uma bolsa de estudos integral no ensino médio da escola particular Colégio Madre Carmen Sallés.

A diretora elogiou a atitude do aluno e entregou a ele uma medalha de honra ao mérito.

Lucas Yuri se emocionou ao receber a premiação

A escola elogiou a atitude do menino, dizendo que “na situação atual do país, ele é um sinal de esperança para toda a sociedade brasileira e a escola busca formar pessoas abertas à comunhão.”

Lucas Yuri e a mãe (Foto: Cíntia Marques da Silva/Arquivo Pessoal)

A mãe de Lucas também se orgulhou muito do filho. Ela foi demitida um dia antes dele achar a carteira no caminho da escola pública que ele frequenta, o Centro de Ensino Fundamental 312. A mãe chorou de felicidade ao ver o filho dar exemplo de honestidade e acredita que o retorno que ele teve foi muito melhor do que se ele tivesse ficado com o dinheiro. Agora ele e a irmã vão estudar numa escola privada, sem pagar nada, onde a mensalidade custa entre R$ 800 e R$ 1,2 mil.

A mãe ainda conta que o sonho do Lucas era estudar numa escola particular, porque ele queria muito estudar num colégio que tivesse laboratório.

Lucas estuda pela manhã e trabalha à tarde como auxiliar administrativo de um hospital, onde recebe meio salário mínimo.

“Isso deveria acontecer sempre, as pessoas estão surpresas por eu ter feito isso, mas eu não entendo, não é motivo para isso, todo mundo deveria fazer”, disse Lucas.

Whats app de Lucas: mensagens entre a mãe orulhosa e o filho honesto

Mensagens trocadas entre Lucas Yuri e a mãe
(Foto: Reprodução)

Lucas e o dono da carteira, Benício

O ACHADO

Lucas Yuri Bezerra, de 16 anos, achou uma carteira com R$1600 no caminho da escola. A coordenadora Rivânia de Araújo foi quem o ajudoua encontrar o dono. Quase dez horas depois o dono foi encontrado.

O dinheiro era de Benício Eleutério, um pedreiro aposentado, que por engano deixou o item no lixo quando saía para levar a mulher ao médico. O valor é tudo que o pedreiro recebe por mês e seria usado para pagar as contas de casa, e comprar remédios. Ele só percebeu que tinha perdido a carteira quando chegou ao Hospital, a quase 25 quilômetros de distância.

A devolução aconteceu na escola, e Eleutério descobriu que Lucas é neto de um amigo.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (2)

  • isabel

    6 meses atrás

    gostei

  • Lucas cardoso da silva

    7 meses atrás

    N sei oq fala

Compartilhar por email