O furacão Patricia, o mais poderoso do Oceano Pacífico e do Atlântico, com ventos de até 270 km/h, ficou mais intenso e atingiu o estado de Jalisco, no México.

A movimentação do furacão Patricia (Foto: NOAA)
O Patricia avançou nesta sexta pelo Pacífico com ventos de 325 km/h a 400 km/h.

Jalisco, México

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) informou que o Patricia tinha alcançado a categoria 5, a máxima na escala Saffir Simpson – que mede a intensidade dos ventos.

O furacão Patricia na imagem infravermelha do satélite Suomi NPP, da NASA-NOAA. As temperaturas nas nuvens ao redor do olho do furacão variavam de -93 C a -83 C (Foto: NASA-NOAA)

O furacão Patricia tornou-se o “mais poderoso que já surgiu no planeta em toda a história”, disse mais cedo o diretor da Comissão Nacional de Água do México (Conagua), Roberto Ramírez. “Não há um furacão em todo o planeta, em toda a história, que tenha chegado à velocidade de 325 km/h em seus ventos”, disse Ramírez.

As chuvas serão intensas nas próximas horas. O governo pediu para a população ficar calma mas não sair de casa.

Furacão em imagem de satélite (Foto: NOAA)

 

 

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email