O fotógrafo Gabriel Chaim

Oi! Meu nome é Valentina Scheel Meirelles.
Eu entrevistei, por e-mail, Gabriel Chaim, um fotógrafo brasileiro que está morando na Síria para documentar uma guerra que já dura mais de três anos.

Gabriel Chaim é um fotógrafo brasileiro e está na Síria para documentar a guerra que já dura mais de três anos. O fotógrafo tem uma ONG que se chama Kitchen 4 Life, a qual tem, por objetivo, registar o drama dos refugiados no mundo. Enquanto está no país, Gabriel Chaim ainda dá aulas para crianças sírias além de documentar os casos de esperança que, como diz, surgem no meio das ruínas. por meio de suas fotografias.

Foto de Gabriel Chaim
Foto de Gabriel Chaim

Por que você decidiu fotografar um lugar tão perigoso?
Quero mostrar a realidade de pessoas que estão esquecidas. Vítimas da guerra. São famílias que moram em áreas destruídas e algumas que perderam contato com seus familiares.

Você viaja pelo país ou fica em uma cidade?
Eu fico na região de Alepo. É uma área grande, então, para se locomover, mesmo que seja para uma cidade próxima, é necessário percorrer um grande trajeto por conta das barreiras militares.

Onde você está morando?
Fico basicamente em Alepo, no subterrâneo de uma casa, pois os ataques aéreos com bombas são muito constantes e no subterrâneo é mais seguro.

Você sente medo?
Passei por uma situação muito perigosa? Sinto muito medo, todos os dias! Já passei por várias situações difíceis, porém, a vontade de mostrar a verdade me faz ir mais longe. Tenho que aprender a lidar com meu medo todos os dias.

Como estão vivendo as crianças? O que elas te dizem?
As crianças vivem em situação precária, sem comida ou educação. Muitas morrem vítimas da guerra. Essa é a única opção que elas têm neste momento. Por isso que estou aqui, para tentar mostrar a realidade dessas crianças.

Você fez amizade com algumas delas?
Com várias, gosto muito de crianças. Todos os dias tenho contato com algumas.

Você acha que a guerra vai terminar logo?
Gostaria de dizer que sim, porém, a realidade é outra. Acho que ainda vai durar um longo tempo. Espero estar errado.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (1)

  • EMEF JARDIM MONTE BELO

    2 anos atrás

    louco

Compartilhar por email