• Quais dicas posso dar para a minha mãe conseguir comprar um carro novo? Guilherme

• Gostaria de saber quanto devo juntar por mês da minha mesada para ter um dinheiro razoável no futuro. Gabriel F.

• Ganho 100 reais por mês de mesada. Como faço esse dinheiro render? Enzo

O universo dos investimentos sempre me atraiu, não sei bem dizer por qual razão. A ideia de plantar uma sementinha e ela ir crescendo até gerar frutos, conforme comentei na última coluna, certamente tem alguma relação com esse meu interesse em querer saber cada vez mais sobre como funciona cada um dos investimentos.

Estou dividindo isso aqui com você por um motivo muito especial: a minha alegria ao perceber que existem muitas pessoas com o mesmo interesse, como pode ser visto a partir das perguntas desta edição, enviadas pelo Guilherme, Gabriel e Enzo. Todos querendo saber um pouco mais sobre como investir dinheiro e fazer com que ele cresça para conquistar os mais diversos sonhos ou até mesmo ter um futuro tranquilo.

As formas de investir são amplas e dependem da quantidade de dinheiro disponível, da sua capacidade de investir com frequência e do prazo que o valor ficará investido.

Vou começar falando sobre um dos meus mecanismos preferidos, o Tesouro Direto.

O que é o Tesouro Direto?
Para quem nunca ouviu falar, ou sabe muito pouco sobre o tema, sugiro que entre no site do Tesouro Direto: tesouro.gov.br/tesouro-direto.

Ali você poderá encontrar vídeos explicativos e tudo o mais que quiser saber sobre o tema. Poderá também fazer uma simulação, colocando, por exemplo, o quanto precisa investir para chegar a determinado objetivo no futuro — algo que pode ajudar, e muito, os nossos leitores a encontrar respostas para as perguntas enviadas. O Tesouro Direto tem como objetivo permitir que boa parte dos brasileiros invista em títulos públicos. Hoje é possível investir a partir de R$ 30, o que o torna um dos investimentos mais acessíveis que existem.

Alguns podem estar se perguntando o que são títulos públicos. O site do Tesouro Direto fala bastante sobre o tema, mas de forma simples, vou explicar: quando você opta por comprar esse título, é como se estivesse emprestando dinheiro ao governo. Quando chegar o dia combinado para o governo devolver esse valor (os títulos têm data de vencimento), você receberá o dinheiro aplicado, mais uma recompensa, ou juros, por ter concedido tal empréstimo.

Apesar de a data de vencimento estar estipulada, você pode resgatar o seu dinheiro antes do prazo. Lembrando que, dependendo do título que escolher, esse valor pode estar um pouco acima ou um pouco abaixo do que foi investido inicialmente. Por isso, é muito importante que escolha um título que esteja de acordo com o prazo do seu objetivo.

O próprio site do Tesouro dá dicas de qual título escolher conforme objetivo e prazo para a conquista dele. Tem risco? Sim! Praticamente todo investimento tem risco. No entanto, ao investir em títulos públicos a garantia é do Tesouro Nacional, ou o que chamamos de risco soberano. Isso significa que seu risco não está em um banco, corretora ou empresa, e, sim, no próprio governo.

Vamos falar sobre o tema mais vezes, até porque, como diriam lá na terra onde cresci, essa nossa prosa (ou conversa) vai longe.

Por enquanto, entre no site do Tesouro Direto, faça algumas simulações, brinque um pouco e mande as suas dúvidas para cá.

TEM OUTRAS DÚVIDAS SOBRE DINHEIRO E FINANÇAS? MANDE-AS PARA A GENTE NO E-MAIL: JOCA@ MAGIADELER.COM.BR. ESTOU PRONTO PARA AJUDÁ-LO!

Marcelo Siqueira
Planejador financeiro certificado CFP®, formado em economia com pós-graduação em mercado de capitais pela FEA-Fipe. Auxilia famílias e pessoas na condução e otimização de recursos, no planejamento e conquista de sonhos e na construção de patrimônio. marcelo.siqueira@futurarplan.com.br.

Marcelo-Coluna-Financas
#pracegover: Marcelo usa camisa cinza e sorri para a foto. Ele segura uma caneta com a mão direita. Ao fundo, uma parede vermelha. Imagem: divulgação.

Enquete

Como você prefere estudar enquanto está em casa?

Comentários (0)

Compartilhar por email