Rio de Janeiro - Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã ( Fernando Frazão/Agência Brasil)

Cerimônia de encerramento da Olimpíada Rio

Antes dos Jogos Olímpicos, a população brasileira e a imprensa estrangeira criticavam tudo, o problema do zika, os problemas de segurança e a infraestrutura.

Depois da cerimônia de encerramento, o evento foi considerado bem-sucedido e os jornais estrangeiros elogiaram tudo, dizendo que Rio ficará com um legado importante, apesar dos gastos com a estrutura esportiva.

REPERCUSSÃO NO MUNDO

Tom McGowan, da TV “CNN”, disse que “foi uma noite para o Rio comemorar”.  Já o “Wall Street Journal” afirmou que o Brasil se despede das Olimpíadas “orgulhoso e aliviado”.

O jornal francês Libération, disse que os Jogos Rio 2016 foram “globalmente positivos” e que “achavam que seriam os jogos mais bagunçados da história, mas que os transportes numerosos fluíam bem, os locais de provas estavam prontos e que os alojamentos foram elogiados pelos atletas.”

Um outro jornal francês, o Le Monde concluiu: “Obrigada, Rio. A gente reclamou muito, mas estava bom”.

CERIMÔNIA DE ENCERRAMENTO

 

Rio de Janeiro - Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Isaquias Queiroz, da canoagem, único brasileiro a vencer três medalhas em uma única edição dos jogos, foi o porta-bandeira do Brasil.

Canções brasileiras de diversas épocas foram tocadas na cerimônia: Luiz Gonzaga se misturou com Heitor Villa-Lobos; o DJ norueguês Kygo, que bateu 1 bilhão de reproduções no Spotify, mixou o frevo e o xaxado da comadre Sebastiana. Lenine, Carmem Miranda e Arnaldo Antunes cantaram juntos.

 

Rio de Janeiro - Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Rio de Janeiro – Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O primeiro foi Martinho da Vila, interpretando Carinhoso, de Pixinguinha e João de Barro.

 

Rio de Janeiro - Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã ( Fernando Frazão/Agência Brasil)
A festa terminou em um grande desfile de escola de samba, com carro alegórico, bateria poderosa e os atletas invadindo o gramado para dançar.

Rio de Janeiro - Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)
A bandeira olímpica é passada para a governadora de Tókio, que fez sua apresentação ao final.

Rio de Janeiro- RJ- Brasil- 21/08/2016- O prefeito Eduardo Paes participa da cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, hoje à noite, no Maracanã, onde faz a passagem da bandeira olímpica à governadora de Tóquio, Yuriko Koike. Foto: J.P. Engelbrecht/ PCRJ
Rio de Janeiro- RJ- Brasil- 21/08/2016- O prefeito Eduardo Paes participa da cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, hoje à noite, no Maracanã, onde faz a passagem da bandeira olímpica à governadora de Tóquio, Yuriko Koike.
Foto: J.P. Engelbrecht/ PCRJ

 

Rio de Janeiro - Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro - Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Rio de Janeiro – Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O primeiro-ministro japonês, Shinzō Abe, chegou ao Maracanã vestido de Super Mario.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (2)

  • Luiz Felipe Varela Molnar

    5 anos atrás

    mmb: mario ministro bros

  • Joca

    5 anos atrás

    hahaha, foi muito legal o ministro do Japão aparecer de Mario Bros!

Compartilhar por email