Pesquisadores do Reino Unido realizaram um teste para determinar a capacidade humana de detectar manipulações em imagens.

O estudo foi publicado nessa segunda-feira, 17 de junho com o nome “Cognitive Research: Principles and Implications” (Pesquisa Cognitiva: Princípios e Implicações, em tradução livre).

Sabe dizer o que foi alterado na foto?
As alterações

O teste online foi criado a partir de um banco de 40 imagens, 10 originais e 30 falsas, divididas em “fisicamente implausíveis” e “fisicamente plausíveis”. As “implausíveis” seriam as fotos que promoveram uma mudança física fora do normal, enquanto as “plausíveis” são as teriam sofrido mudanças aceitáveis.

Ao todo, 707 pessoas participaram do estudo e nenhuma tinha visto as imagens anteriormente.

De acordo com os cientistas, 40% das pessoas não conseguiram apontar as alterações nas fotos. Entre as pessoas que conseguiram identificá-las, apenas 45% sabia apontar o que foi manipulado na imagem.

“Descobrimos que as pessoas são  melhores em detectar manipulações fisicamente implausíveis, mas não em localizar quais eram. Portanto, mesmo que as pessoas possam dizer que algo está errado, elas não conseguem identificar de forma confiável o que está realmente diferente”, explica Derrick Watson, um dos autores do estudo da Universidade de Warnick, no Reino Unido.

E nessa foto, o que está errado?
As alterações

Para os pesquisadores, o estudo é importante, pois as fotos manipuladas são comumente usadas como “fake news”, notícias com informações falsas espalhadas na internet.

Esse tipo de informação ganhou força com as redes sociais, já que qualquer um pode criar seu conteúdo e atingir um grande número de pessoas.

“Imagens têm uma grande influência sobre nossas memórias, então se as pessoas não conseguem diferenciar o que é ou não real, a manipulação pode, frequentemente, alterar o que acreditamos e lembramos”, disse Derrick.

Atualmente, algumas plataformas – incluindo o Facebook – estão testando métodos para evitar que essas notícias se espalhem, seja removendo-as por completo ou indicando fontes mais confiáveis.

Enquete

O que você mais tem feito pela sua saúde mental durante a pandemia?

Comentários (1)

  • alunosbeityaacov

    2 anos atrás

    fake fake news

Compartilhar por email