São Paulo - Estudantes da ETEC Professor Basilides de Godoy, em Vila Leopoldina, ocuparam a escola na manhã de hoje. Eles reivindicam apuração dos desvios nos contratos da merenda escolar (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Estudantes da ETEC Professor Basilides de Godoy, em São Paulo, ocuparam a escola para protestar contra a falta de merenda.

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Estudantes da ETEC Professor Basilides de Godoy, em Vila Leopoldina, ocuparam a escola. Eles querem que as empresas que forneciam merenda escolar sejam investigados pois há suspeita de que muitos desviaram dinheiro destinado ao lanche dos alunos.

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Segundo os próprios alunos, as atividades foram interrompidas em seis escolas técnicas (Etecs) e uma escola estadual, todas em São Paulo.

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Os estudantes afirmam que eles têm sofrido muito com a falta de merenda ou com a merenda seca [suco e bolachas] para que estuda das 7h às 17h.

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Alguns alunos não concordam com a ocupação e afirmam que há pessoas de fora da escola que só foram fazer baderna.

“Ninguém aqui passa fome. Tem lanche e TV. É uma infraestrutura boa”, disse o aluno do 3º ano, Felipe Balestieri, 19 anos. “Vamos perder as férias e ter de repôr aula aos sábados”, falou outro aluno contra a ocupação.

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

 

Enquete

Como você está participando dos 10 anos do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email