#pracegover: a foto mostra a presidente Zuzana Caputová. Ela olha para frente, usa cachecol vermelho e casaco preto. Ao fundo e ao lado, paredes de pedras. Foto: Getty Images.

Zuzana Caputová, de 45 anos, foi eleita no dia 30 de março presidente da Eslováquia. Ela é a primeira presidente mulher da história do país e também a mais nova. Advogada e ativista de direitos humanos, Zuzana venceu o vicepresidente eslovaco, Maros Sefcovic, com mais de 58% dos votos e vai assumir o cargo no dia 15 de junho.

Anticorrupção
Uma das principais bandeiras de Zuzana na campanha eleitoral foi o combate à corrupção (quando alguém recebe ou dá dinheiro e bens em troca de vantagens). O tema agradou a maioria dos eleitores, que, no ano passado, foram às ruas do país para protestar após a morte do jornalista Jan Kuciak e a noiva, Martina Kusnirová. Jan estava escrevendo um artigo que denunciava corrupção no governo — políticos são investigados por envolvimento com a morte do casal. Zuzana era uma das manifestantes. A nova presidente também defende assuntos relacionados ao meio ambiente, é a favor da União Europeia e do respeito a minorias étnicas (grupos que têm a mesma língua e cultura, mas que estão em menor número em um país ou não têm muito poder na sociedade).

História
A Eslováquia, que já fez parte do Império Austro-Húngaro e da República Tcheca no passado, tornou-se independente em 1993 e, em 2014, passou a integrar a União Europeia. A maioria dos habitantes do país é eslovaca, mas vivem ali diversas minorias étnicas como húngaros, romanis, tchecos, rutenos e ucranianos.

Ficha da Eslováquia
LOCALIZAÇÃO: Europa Central ÁREA: 49 mil km2(pouco maior do que o Espírito Santo)
HABITANTES: 5,4 milhões (menos do que no Rio de Janeiro)
CAPITAL E CIDADE MAIS POPULOSA: Bratislava
LÍNGUA OFICIAL: eslovaco
MOEDA: euro

Notícia publicada originalmente na edição 129 do jornal Joca.

Enquete

O que você está mais curtindo fazer durante o período em casa, por causa do novo coronavírus?

Comentários (0)

Compartilhar por email