É tempo de Hatsumode ou 初詣, quando os japoneses fazem a primeira visita do ano aos templos.

Foto: Marcelo Hide/ Fotos Públicas

Essa é a época em que os japoneses vão pedir prosperidade, boa saúde e paz.

O Hatsumode é realizado entre os três primeiros dias do ano e os japoneses oram, tocam sinos, compram amuletos e acendem incenso.

Geralmente, os desejos para o novo ano são feitos, novos omamori (amuletos) são comprados, e os antigos são devolvidos ao templo para serem queimados.

Foto: Marcelo Hide/ Fotos Públicas

Tudo para atrair bons fluidos neste novo ano que se inicia.

No templo budista Itihatasam na cidade de Okazaki no estado de Aichi, eles tocam os sinos para espalhar boas vibrações para todo o mundo.

Foto: Marcelo Hide/ Fotos PúblicasOs templos ficam lotados mas todos fazem fila para fazer seus pedidos e meditações.

O Santuário Meiji, por exemplo, atraiu 3,2 milhões de visitantes em 2010, 3,2 milhões de pessoas visitaram o Meiji Jingū, 2,98 milhões o Narita-san, 2,96 de milhões o Kawasaki Daishi, 2,7 de milhões o Fushimi Inari Taisha e 2,6 de milhões o Sumiyoshi Taisha.

Outros destinos populares incluem o Santuário de Atsuta, Tsurugaoka Hachiman-gū,Dazaifu Tenman-gū, e Santuário de Hikawa.

Foto: Marcelo Hide/ Fotos Públicas

Um costume comum durante o hatsumōde é comprar um oráculo escrito chamado omikuji.

Se o omikuji prever azar, pode-se amarrá-lo em uma árvore nos terrenos do templo, na esperança de que a previsão não se torne realidade.


O omikuji é bem detalhado, contando o futuro em várias áreas da vida, como negócios e amor, para aquele ano. Muitas vezes um amuleto da sorte vem com o omikuji, quando se compra ele, que acredita-se atrair a sorte e dinheiro.

Foto: Marcelo Hide/ Fotos PúblicasFoto: Marcelo Hide/ Fotos Públicas

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email