Nos Estados Unidos, aluna usa máscara para se proteger na volta às aulas presenciais. Foto: fstop123/Getty Images

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou, em 28 de julho, que as aulas presenciais das escolas estaduais de Manaus voltarão a partir do dia 10 de agosto. Manaus é a primeira capital a anunciar o retorno de aulas presenciais na rede estadual.

No anúncio, feito em uma entrevista coletiva, o governador afirmou que as escolas deverão ter apenas metade da capacidade de alunos em cada sala de aula, de modo que possa haver uma distância segura entre as mesas. Os estudantes serão divididos em dois grupos, que vão se revezar para assistir às aulas presencialmente. A ideia é que aqueles que não estejam presencialmente nas aulas possam assisti-las pela televisão ou pelas redes sociais.

As escolas também terão novas pias para os alunos lavarem as mãos com frequência, álcool em gel e medidores de temperatura. Caso algum estudante não se sinta bem ou apresente alguma alteração (como temperatura que indique febre), ele será encaminhado para casa. O uso de máscaras também será obrigatório dentro das escolas.

Para evitar aglomerações, a volta será feita por etapas. Os primeiros alunos a retornar serão os do ensino médio e os de Educação de Jovens e Adultos (EJA), destinado a pessoas que não tiveram acesso à escola na idade convencional. Estes estudantes voltarão a ter aulas presenciais em 10 de agosto. Duas semanas depois, no dia 24, quem retornará às escolas serão os alunos do ensino fundamental.

Na entrevista, o governador declarou que a decisão foi tomada porque houve uma redução do número de mortes pelo novo coronavírus na capital e da ocupação de leitos nos hospitais, o que, segundo Lima, demonstra estabilidade e controle da pandemia na cidade.

No interior do estado e na rede municipal da capital ainda não há previsão para o retorno das aulas presenciais. Já algumas escolas particulares de Manaus voltaram a funcionar presencialmente no dia 6 de julho.

Em Maranhão, retomada é adiada

Após anunciar que também retornaria com aulas presenciais em 10 de agosto, o governo do Maranhão voltou atrás e adiou a volta para uma data a ser definida. Isso aconteceu depois de uma pesquisa entre pais e alunos do terceiro ano do ensino médio que se mostraram preocupados com o retorno das aulas em plena pandemia do novo coronavírus.

Fontes: AM Post, Estadão e G1.

Enquete

Se tivesse a chance de recomeçar o ano de 2020, você:

Comentários (8)

  • MARIA MORAIS

    1 mês atrás

    legal, mas que sortudos, kkkkk 😁

  • sophie.c.decker@hotmail.com

    2 meses atrás

    muito legal

  • Sophie cordeiro Decker

    2 meses atrás

    legal

  • Lara

    3 meses atrás

    Que legal moro em Maceió e espero que voute aqui já já mas e claro que vou usar mascara

  • Felipe

    3 meses atrás

    Adoro

  • Maria Gabriela

    4 meses atrás

    nossa que maneiro só tem que tomar cuidado adoro o seu jornal!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • GABRIEL STOROZ

    4 meses atrás

    NOSSA ,QUE PERIGO! EU NÃO QUERO IR PARA A ESCOLA EM MANAUS, É MUITA FALTA DE RESPONSABILIDADE!

  • eztefany

    4 meses atrás

    na minha opiniaosim deve votar as aulas

Compartilhar por email